As relações teórico-metodológicas entre o pensamento de Paulo Freire e a educação ambiental crítica e transformadora: um olhar a partir dos temas geradores

Autores

Palavras-chave:

Educação Ambiental, Paulo Freire, Temas geradores, Paradigma da complexidade

Resumo

A contemporaneidade enfrenta uma complexa crise socioambiental com o aumento das desigualdades sociais e da destruição do meio ambiente. Uma das formas reconhecidas de enfrentamento é a busca por uma Educação Ambiental crítica e formadora de sujeitos atuantes nessas problemáticas, que se paute em um paradigma da complexidade. O artigo objetiva analisar as contribuições do pensamento de Paulo Freire na construção de caminhos teórico-metodológicos para propostas nesse sentido. Utilizando como metodologia a análise bibliográfica, procurou-se realizar uma conversa entre diversas obras do autor e seus conceitos-chave com os estudos da Educação Ambiental crítica. Assim, a ideia de temas geradores se apresenta como importante ferramenta de ensino nesse processo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ACHKAR, Marcel et .al. Educación ambiental: uma demanda del mundo de hoy. Montivideo: El Tomate Verde, 2007.

CAMARGO, T. D. de.; SOUZA, D. O. “A educação integral como possibilitadora da cultura de paz e de uma ética universal”. In: XI ENPEC- Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências, 2017, Florianópolis-SC, XI ENPEC, 2017.

CARVALHO, I. de M. Educação Ambiental: formação do sujeito ecológico. São Paulo: Cortez, 2004.

DICKMANN, Ivo; CARNEIRO, Sônia Maria Marchiorato. “Paulo Freire e Educação Ambiental: contribuições a partir da obra Pedagogia da Autonomia”. Revista de Educação Pública, v. 21, n. 45, p. 87-102, jun/2012.

FLORIANI, D.; KNECHTEL, M. do R. Educação ambiental: epistemologia e metodologia. Curitiba: Vicentina, 2003.

FREIRE, Patrocínio Solon. Educação e integralidade: o conceito de integralidade no pensamento pedagógico de Edgar Morin, Paulo Freire e Leonardo Boff. Tese (Doutorado em Educação)- Programa de Pós-graduação em Educação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2014.

FREIRE, Ana Maria Araújo. Paulo Freire: uma história de vida. Indaiatuba/SP: Ed. Villa das Letras, 2006.

FREIRE, Paulo. Conscientização. São Paulo: Moraes, 1980.

____________. Extensão ou Comunicação? Trad. De Rossica Darcy de Oliveira. 7ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1983.

____________. A importância do ato de ler: em três artigos que se completam. São Paulo: Autores associados: Cortez, 1989.

____________. Pedagogia da Esperança: um reencontro com a pedagogia do oprimido. 3ªed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992.

____________. Educação como prática da liberdade. 26ªed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2002a.

____________. Ação cultural para a liberdade: e outros escritos. São Paulo: Paz e Terra, 2002b.

____________. Pedagogia do Oprimido. 35ªed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2003.

____________. À sombra desta mangueira. São Paulo: Ed. Olho D’Água, 2006.

____________. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 2011.

____________. Política e Educação. São Paulo: Paz e Terra, 2015.

GADOTTI, Moacir. Convite à leitura de Paulo Freire. 2ªed. São Paulo: Scipione, 1989.

_______________. Pedagogia da Terra. São Paulo: Cortez, 2000.

JACOBI, P. R. “Educação ambiental, cidadania e sustentabilidade”. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 118, p.189-205, mar. 2003.

JAPIASSU, H. Interdisciplinaridade e patologia do saber. Rio de Janeiro: Imago, 1976.

LAYRARGUES, P. P. “A resolução de problemas ambientais locais deve ser um tema gerador ou a atividade-fim da educação ambiental?” In: REIGOTA, M. (org). Verde cotidiano: o meio ambiente em discussão. Rio de Janeiro: DP&A, 2001.

LEFF, E. A complexidade ambiental. São Paulo: Cortez, 2001.

_______. Aventuras da epistemologia ambiental: da articulação das ciências ao diálogo dos saberes. São Paulo: Cortez, 2013.

LIBÂNEO, J. C. Adeus professor, adeus professora? Novas exigências educacionais e profissão docente. São Paulo: Cortez, 2013.

LOUREIRO, C. F. B. “Considerações sobre o conceito de educação ambiental”. Revista Teoria e Prática da Educação. Maringá, v. 2, n. 3, p. 39-51, set. 1999.

_______________. “Premissas teóricas para uma educação ambiental transformadora”. Ambiente e Educação (FURG), Rio Grande, v. 8, p. 37-54, 2003.

_______________. Trajetórias e fundamentos da Educação Ambiental. 4ª ed. São Paulo: Cortez, 2012.

LOUREIRO, C. F. B.; LAYRARGUES, P. P.; CASTRO, R. S. (org.). Pensamento complexo, dialética e educação ambiental. São Paulo: Cortez, 2006.

MORIN, Edgar. Ciência com consciência. Rio de Janeiro: Bertrand, 1999.

MORIN, Edgar; DÍAZ, Carlos Jesús Delgado. Reinventar a educação: abrir caminhos para a metamorfose da humanidade. São Paulo: Palas Athena, 2016.

MOREIRA, Marco Antônio. “Aprendizagem significativa: da visão clássica à visão crítica”. Ata do V Encontro Internacional sobre Aprendizagem Significativa, Madrid-Espanha, setembro de 2006.

PIAGET, Jean. Para onde vai a educação? Tradução de Ivete Braga- 16ª ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 2002.

QUINTAS, J. S. Pensando e praticando a Educação Ambiental na gestão do meio ambiente. Brasília: IBAMA, 2000.

RODRIGUES, A. C. A Educação Ambiental e o fazer interdisciplinar na escola. Juiz de Fora: Junqueira e Martins editores, 2008.

SAUVÉ, L. “Uma cartografia das correntes em educação ambiental”. In: SATO, M.; CARVALHO, I.C.M. e col. Educação ambiental: pesquisa e desafios. Porto Alegre: Artmed, p.17-45. 2005.

SILVA, A. F. G.; PERNAMBUCO, M. M. C. A. “Paulo Freire: uma proposta pedagógica ético-crítica para a Educação Ambiental”. In: LOUREIRO, C. F. B. Educação Ambiental: dialogando com Paulo Freire. São Paulo: Cortez, 2014. P. 116-154.

TOZONI-REIS, Marília Freitas de Campos. “Temas ambientais como ‘temas geradores’: contribuições para uma metodologia educativa ambiental crítica, transformadora e emancipatória”. Educar em Revista, Curitiba, v.22, n. 27, p. 93-110, 2006.

VALADARES, Jorge. “A Teoria da Aprendizagem Significativa como teoria construtivista”. Aprendizagem Significativa em Revista, v. 1(1), p. 36-57, 2011.

Downloads

Publicado

2021-10-31

Como Citar

Dutra, T., Souza de Camargo, T., & Gomes de Souza, D. O. (2021). As relações teórico-metodológicas entre o pensamento de Paulo Freire e a educação ambiental crítica e transformadora: um olhar a partir dos temas geradores. Ambiente &Amp; Educação, 26(1), 603–632. Recuperado de https://periodicos.furg.br/ambeduc/article/view/11760