Resíduos sólidos: coleta seletiva e Educação Ambiental na cidade de Esteio – RS, Brasil

Autores

  • Tania Renata Prochnow
  • Juliana Rossetti

Palavras-chave:

Educação ambiental, Resíduos sólidos, Coleta seletiva, Catadores, Inclusão social

Resumo

Este trabalho apresenta os resultados de ação de educação ambiental realizada no bairro Tamandaré em Esteio/RS, a fim de aumentar a quantidade de resíduos sólidos separados pela comunidade para a coleta seletiva. O processo de sensibilização da comunidade envolveu alunos de escola do bairro, orientados por pesquisadores da Universidade Luterana do Brasil – ULBRA, funcionários da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e membros da Associação de Recicladores e Catadores de Esteio. Após a ação, percebeu-se aumento gradual na quantidade de resíduos separados recolhidos. Esse sistema foi comparado com o sistema de coleta seletiva aplicado em Londrina/PR, concluindo-se que o último, por receber maior apoio logístico, apresentou maior eficiência, contribuindo para a inclusão social de catadores e preservação de recursos naturais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tania Renata Prochnow

Professor do Curso de Química, Área de Educação, Ciência e Artes; Professor do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática - Nivel Mestrado Acadêmico

Juliana Rossetti

Bacharel em Biologia, Ênfase Ecologia

Downloads

Publicado

2011-07-31

Como Citar

Prochnow, T. R., & Rossetti, J. (2011). Resíduos sólidos: coleta seletiva e Educação Ambiental na cidade de Esteio – RS, Brasil. Ambiente &Amp; Educação, 15(2), 197–208. Recuperado de https://periodicos.furg.br/ambeduc/article/view/1013

Edição

Seção

Artigos