Sociedades Sustentáveis: em defesa dos diálogos entre gerações. Um olhar crítico ao Desenvolvimento Sustentável

Autores

  • Isabel Georgina Patronis Dominguez Universidad Tecnológica La Salle (ULSA), León, Nicaragua

DOI:

https://doi.org/10.14295/ambeduc.v22i1.5973

Palavras-chave:

diálogo, intergeracionalidade, educação ambiental, comunidade aprendente, sustentabilidade.

Resumo

Este artigo é um extrato da pesquisa na área da Educação Ambiental Crítica, a qual propõe uma reflexão sobre a importância das relações coeducativas entre gerações para sociedades mais sustentáveis. Haveria indicadores de que esses diálogos podem influenciar e, de algum modo, contribuir para a Sustentabilidade? A investigação envolveu 60 pessoas entre oito e setenta anos, no âmbito de uma Unidade de Saúde da Família, com o uso de metodologias ativas e participativas, em 30 interações educativas. O que resultou na identificação de elementos que podem influenciar a qualidade dessas relações, oferecendo contribuições para novas práticas coeducativas, além de eventualmente estimular novos estudos e interações dialógicas, levando em conta a relevância temática da intergeracionalidade e da sustentabilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Isabel Georgina Patronis Dominguez, Universidad Tecnológica La Salle (ULSA), León, Nicaragua

Trajetória de formação profissional e pessoal: sou brasileira, 55 anos, formada em pedagogia e com especialização em Educação Ambiental (EA) e Recursos Hídricos, pela Universidade de São Paulo, Escola de Engenharia de São Carlos, SP (CRHEA/USP). Principais experiências: implementação do Coletivo Educador CESCAR – São Carlos, Araraquara, Jaboticabal e Região, com a oferta de cursos de Especialização e de Extensão em EA certificados pela UFSCar – Universidade Federal de São Carlos, SP, período 2005-2011; experiência na gestão pública da cidade de São Carlos, SP, período 2009-2012, como Chefe de Divisão de EA na Coordenadoria de Meio Ambiente; experiência como membro de comissões organizadoras de eventos em nível municipal, regional e Internacional; participo de diversas redes na área, como também sou coautora de seis capítulos de livros em EA. Sou membro da comissão de articulação Internacional do IV (Lusófono). Congresso de EA dos países e comunidades de língua portuguesa, a ser realizado em julho de 2017. Desde final de 2013 vivo em Nicarágua, América Central, e sou orientadora pedagógica e responsável por publicações na Universidad Tecnológica La Salle (ULSA), na cidade de León. www.ulsa.edu.ni

Downloads

Publicado

2018-01-02

Como Citar

Patronis Dominguez, I. G. (2018). Sociedades Sustentáveis: em defesa dos diálogos entre gerações. Um olhar crítico ao Desenvolvimento Sustentável. Ambiente &Amp; Educação, 22(1), 40–60. https://doi.org/10.14295/ambeduc.v22i1.5973

Edição

Seção

Dossiê Temático Educação Ambiental Não Formal