Percepções de um conflito socioambiental e suas contribuições para Educação Ambiental

Autores

  • Thais Karoline Ferreira da Silva Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Cleopatra Maria do Ó
  • Carmen Roselaine de Oliveira Farias PPGEC/UFRPE

Palavras-chave:

Educação ambiental, conflito socioambiental, Capibaribe

Resumo

Este trabalho se propõe a compreender as percepções da população sobre um conflito socioambiental, considerando que esta atitude é potencialmente relevante para a educação ambiental. O conflito em questão se desenrola na zona rural do Alto Capibaribe, Agreste de Pernambuco, entre a exploração de areia para construção civil e a sustentabilidade hídrica da região. Para atingirmos o objetivo, foram realizadas entrevistas com moradores locais para compreender suas percepções do ambiente, sobre as quais foi empregada uma análise interpretativa para construção de categorias analíticas. A partir delas percebemos a complexidade do conflito que envolve aspectos socioeconômicos, culturais e afetivos. Estes, por sua vez, merecem destaque na elaboração de propostas de intervenção em educação ambiental na comunidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thais Karoline Ferreira da Silva, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Mestranda em Ensino das Ciências no PPGEC/UFRPE.

Cleopatra Maria do Ó

Graduada em Licenciatura Plena em Ciências Biológicas pela UFRPE.

Carmen Roselaine de Oliveira Farias, PPGEC/UFRPE

Professora do Departamento de Biologia e do Programa de Pós-Graduação em Ensino das Ciências da UFRPE.

Downloads

Publicado

2016-08-17

Como Citar

da Silva, T. K. F., do Ó, C. M., & Farias, C. R. de O. (2016). Percepções de um conflito socioambiental e suas contribuições para Educação Ambiental. Ambiente &Amp; Educação, 20(1), 104–122. Recuperado de https://periodicos.furg.br/ambeduc/article/view/5830

Edição

Seção

Artigos