Chuvas na cidade de Rio Grande (RS)

Uma proposta de apreensão do Clima na Educação Ambiental

Autores

  • Felipe Nobrega Ferreira Universidade Federal do Rio Grande
  • Ticiano Pedroso Universidade Federal de Pelotas
  • Gabriel Ferreira da Silva Universidade Federal do Rio Grande

DOI:

https://doi.org/10.14295/ambeduc.v25i3.12373

Palavras-chave:

Fenômenos Climáticos, Cultura, Michael Hulme

Resumo

Pouco explorado no campo da Educação Ambiental (EA), o conceito de Clima é apresentado a partir do viés da Cultura. Tal abordagem leva em consideração o trabalho desenvolvido por Michael Hulme, tendo como finalidade a interpretação e sugestão de uma alternativa para a inserção do tema das Mudanças Climáticas junto à EA. Isso é realizado através de um aporte teórico-metodológico construído para investigações sobre fenômenos climáticos, e aqui demonstrado a partir de um levantamento de dados coletados na cidade do Rio Grande (RS) e o impacto das chuvas nessa comunidade. Serão problematizados os resultados parciais da pesquisa, e o primeiro conjunto de interpretações que podem criar horizontes para o debate das Mudanças Climáticas em uma escala local.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANGELO, C. A espiral da morte: como a humanidade alterou a máquina do clima. Editora Companhia das Letras, 2016.

ARAKI, R. A história do clima de São Paulo. Tese de Doutorado. Universidade

Estadual de Campinas – UNICAMP, Instituto de Geociências, Campinas, 2012.

BECK, U. Sociedade de risco: rumo a uma outra modernidade. São Paulo. Editora 34, 2010.

BELMONTE, R. V. et al. Jornalismo ambiental: um discurso sobre risco e limite. XII Encontro Nacional de Pesquisadores em Jornalismo, 2014.

BENETTI, M.. Análise do Discurso em jornalismo: estudo de vozes e sentidos. Metodologia de pesquisa em jornalismo. Petrópolis: Vozes, p. 107-122, 2007.

CARVALHO, I. C. de M. A. invenção ecológica–narrativas e trajetórias da Educação Ambiental no Brasil. 232p. Editora da Universidade, Porto Alegre, RS, Brasil, 2002.

_____________________ Educação Ambiental: formação do sujeito ecológico. São Paulo: Cortez, 4. Ed., 2008.

CULVER, L. Seeing Climate throught Culture. Environmental History, 19 (2), 311-318, 2014. Disponível em: https://academic.oup.com/envhis/article-abstract/19/2/281/564734?redirectedFrom=fulltext

EICHENBERGER, J.R.C. Ontologias ambientais nas relações entre o ser humano e a natureza no enfrentamento as alterações climáticas. Rio Grande, Tese (Doutorado em Educação Ambiental) – FURG, 2019.

FERREIRA, F. N.; FREITAS, J. V. O caso do barro na praia do Cassino: incidências e interpretações acerca dos depósitos lamíticos na zona costeira da cidade de Rio Grande. In: ROQUE et al. (Org.). Saindo da zona de conforto: a interdisciplinaridade das zonas costeiras. Rio de Janeiro: FGEL-UERJ, p. 346-361, 2019.

GONÇALVES, M. et al. A contribuição da Educação Ambiental para discussão das Mudanças Climáticas: um estado da arte das pesquisas em Ciências Ambientais e em Educação em Ciências. ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIENCIAS, v. 10, p. 1-9, 2015.

HULME, M. Why we disagree about climate change: Understanding controversy, inaction and opportunity. Cambridge University Press, 2009.

____________ Weathered: Cultures of Climate. California: SAGE Publications, 2016.

HULME, M; BURGESS, N. London's weather and the everyday: two centuries of newspaper reports. Weather – Royal Metereological Society. 74 (8), 2018. Disponível em: https://rmets.onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1002/wea.3302

Intergovernmental Panel on Climate Change. The Scientific Basis-Contribution of Working Group 1 to the IPCC Fourth Assessment Report. (Cambridge Univ. Press. 2001). The Physical Science Basis, Summary for Policy Makers. Geneva, 2007.

KRÜGER, H.-K. A relevância dos métodos de pesquisa qualitativa em Educação na Alemanha. Metodologias da pesquisa qualitativa na educação: teoria e prática. Petrópolis: Vozes, p. 39-52, 2010.

LADURIE, E.L.E. O clima: a história da chuva e do bom tempo. In: LE GOFF, J. & NORA, P. História Novos Objetos. Rio de Janeiro: Francisco Alves, p. 11-33, 1974.

MARENGO, J. & MARENGO, M.C. Caracterização do clima no Século XX e Cenário de Mudanças de clima para o Brasil no Século XXI usando os modelos do IPCC-AR4. Revista Multiciência. 8, 5-28, 2007. Disponível em: https://cetesb.sp.gov.br/proclima/wp-content/uploads/sites/36/2014/05/marengo_valverde_carcterizacao_2007.pdf

MIRANDA, S. et al. As mudanças climáticas no contexto da Educação Ambiental. In: PORTO, J.R & SANTOS, M. (Orgs.). Fundamentos e estratégias educacionais no Ensino de Ciências e Biologia: aprendizagem ativa e significativa. Rio de Janeiro: CRV Editora, 2014.

______________________________________________. Análise de publicações brasileiras sobre Educação Ambiental com enfoque na temáticas das Mudanças Climáticas. Enciclopédia Biofesra – Centro Científico Conhecer. 16, 1744-1764, 2019. Disponível em: http://www.conhecer.org.br/enciclop/2019a/bio/analise%20das%20publicacoes.pdf

OCKWELL, D. et al. Reorienting Climate Change Communication for Effective Mitigation: Forcing People to be Green or Fostering Grass-Roots Engagement? Science Communication. 30, n. 3, 305-327, 2009.

PESAVENTO, S. Os sete pecados da capital. São Paulo: HUCITEC, 2008.

SCHIMIDT, L et al. Change in the way we live and plan the coast: stakeholders discussions on future scenarios and adaptation strategies. Journal of Coastal Research, Special Issue/65, 1033-1038, 2013. Disponível em: https://www.academia.edu/13546772/Change_in_the_way_we_live_and_plan_the_coast_Stakeholders_discussions_on_future_scenarios_and_adaptation_strategies

TANAKA, S. Mudanças Climáticas. São Paulo: Sm Paradidática, 2010.

TEIXEIRA, D.V. A ética no discurso do Jornal Zero Hora sobre as Mudanças Climáticas. Dissertação (Mestrado em Educação Ambiental) – FURG, 2008.

Tratado de Educação Ambiental para sociedades sustentáveis e responsabilidade global. Documento elaborado pelo Fórum Global das Organizações Não Governamentais, na Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento. Rio de Janeiro, 1992. Disponível em: https://www.mma.gov.br/informma/item/8068-tratado-de-educa%C3%A7%C3%A3o-ambiental-para-sociedades-sustent%C3%A1veis-e-responsabilidade-global.html

Downloads

Publicado

2021-02-01

Como Citar

Nobrega Ferreira, F., Duarte Pedroso, T. ., & Ferreira da Silva , G. . (2021). Chuvas na cidade de Rio Grande (RS): Uma proposta de apreensão do Clima na Educação Ambiental. Ambiente &Amp; Educação, 25(3), 31–54. https://doi.org/10.14295/ambeduc.v25i3.12373

Edição

Seção

Dossiê: Fenômenos ambientais costeiros em tempos de mudanças ambientais globais