A oralidade na escola: notas sobre a problemática da modelização didática

Marília Cristina Campos Lopes, Luís de Nazaré Viana Valente

Resumo


O trabalho tem como propósito analisar o ensino do oral formal no ensino médio em escolas públicas do município de Cametá-Pa. Para tanto, utililizou-se de entrevistas semi-estruturadas com quatro professores a fim de analisar a representação que estes têm do oral formal e de seu ensino. Os dados foram analisados à luz da teoria sociodiscursiva que conjuga, tanto no campo teórico como aplicado, os estudos vigotskianos e bakhtinianos. A descrição dos dados mostrou a ausência da tematização de gêneros orais formais como objetos de ensino, além de salientar a modelização didática como a maior problemática no ambiente pesquisado.

Palavras-chave


Ensino Oral formal. Modelização didática.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


REDSIS-Revista Didática Sistêmica, ISSN 1809-3108, Rio Grande-RS, Brasil. revdidaticasistemica@furg.br

PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ