AS VILAS DE MINAS NA VISÃO DOS VIAJANTES NATURALISTAS: INTERFACES ENTRE HISTÓRIA, BIOLOGIA E EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Valdir Lamim-Guedes, José Costa Júnior

Resumo


A partir de relatos de viajantes naturalistas que passaram pela região de Ouro Preto no século XIX, é possível fazer uma reconstrução das paisagens. Visitar os locais descritos e ler trechos dos diários de viagem é uma forma de explorar as interfaces entre história, biologia e educação ambiental. Neste texto, apresentamos o relato de experiência da oficina “As Vilas de Minas na visão dos Viajantes Naturalistas”, realizada em Ouro Preto, Minas Gerais, Brasil.

Palavras-chave


Paisagem e memória; Percepções da natureza; Educação Ambiental

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter