O que fazem os egressos do programa de pós-graduação em educação ambiental da Universidade Federal do Rio Grande – PPGEA-FURG

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14295/ambeduc.v25i3.11499

Palavras-chave:

Educação, Educação Ambiental, Atuação Profissional, Pós-Graduação

Resumo

O objetivo do trabalho foi identificar, analisar, compreender e descrever a atuação dos egressos do PPGEA, utilizando dados coletados no sistema acadêmico da FURG, Plataforma Lattes, Linkedin e outros. Até 2018 foram titulados 343 mestres e 104 doutores. O Setor Público é o principal empregador, absorvendo 66,18% dos mestres e 74,04% dos doutores, enquanto o Setor Privado absorve respectivamente 15,16% e 12,50%. A atuação no Terceiro Setor é inexpressiva. Entre os egressos do mestrado, 75,90% não indicam a Educação Ambiental como tema principal de atuação, o mesmo ocorrendo com 73,12% dos doutores. A reduzida oferta de conteúdos de Ciências Naturais, essencial à compreensão do meio ambiente em sua totalidade, é analisada como uma das causas desse fenômeno.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Carlos Krug, Universidade Federal do Rio Grande

Graduação em Oceanologia (FURG), Mestrado em Oceanografia Biológica (PPGOB) e Doutorado em Educação Ambiental (PPGEA/FURG). Professor Associado do Instituto de Oceanografia - IO-FURG.

Dione Iara Silveira Kitzmann, Universidade Federal do Rio Grande

Graduação em Oceanologia (FURG) e Mestrado e Doutorado em Educação Ambiental (PPGEA/FURG). Professora Associada do Instituto de Oceanografia - IO-FURG.

Referências

BRASIL. Lei n.° 6.938. Dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente, seus fins e mecanismos de formulação e aplicação, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 2 set. 1981. Disponível em:

<http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L6938.htm>. Acesso em: 10 set. 2019.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, 8 out. 1988. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm>. Acesso em: 10 set. 2019.

BRASIL. Lei n.° 9.795. Dispõe sobre a educação ambiental, institui a Política Nacional de Educação Ambiental e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 28 abr. 1999. Disponível em:

<http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9795.htm>. Acesso em: 3 out. 2017.

BRASIL. Resolução n.° 2. Estabelece as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Ambiental. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Conselho Pleno. Brasília, 15 jun. 2012. [2012]. Disponível em:

<http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=10988-rcp002-12-pdf&category_slug=maio-2012-pdf&Itemid=30192> Acesso em: 10 set. 2019.

BRASIL. Programa Nacional de Educação Ambiental – ProNEA. 4.ed. Brasília: Ministério do Meio Ambiente, 2014. 112p.

FURG. Projeto Pedagógico do Programa de Pós-Graduação em Educação Ambiental. Rio Grande, 2010. 76p.

KRUG, Luiz Carlos. A constituição de educadores ambientais no campo das Ciências do Mar: estudo de caso do curso de Oceanologia da FURG. Rio Grande, 2018. Tese [Doutorado em Educação Ambiental] – Programa de Pós-Graduação em Educação Ambiental, Universidade Federal do Rio Grande. 286p.

KRUG, Luiz Carlos; KITZMANN, Dione. De onde vieram e onde estão os egressos do Programa de Pós-Graduação em Educação Ambiental da Universidade Federal do Rio Grande – PPGEA-FURG (em preparação).

LEIS, Héctor Ricardo. Sobre o conceito de interdisciplinaridade. Cadernos Pesquisa Interdisciplinar em Ciências Humanas, Florianópolis, n. 73, ago. 2005.

Downloads

Publicado

2021-02-01

Como Citar

Krug, L. C., & Kitzmann, D. I. S. (2021). O que fazem os egressos do programa de pós-graduação em educação ambiental da Universidade Federal do Rio Grande – PPGEA-FURG. Ambiente &Amp; Educação, 25(3), 290–315. https://doi.org/10.14295/ambeduc.v25i3.11499