O currículo do Projovem Campo-MT e o diálogo com a educação ambiental: desafios entre políticas e práticas camponesas

Autores

  • Ronaldo Eustáquio Feitoza Senra PPGEN/CRJAC/GEAC/IFMT
  • Michele Tomoko Sato Docente PPGE/UFMT, LÍDER DO GRUPO PESQUISADOR EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL, COMUNICAÇÃO E ARTE- GPEA
  • Imara Pizzato Quadros Docente de Artes do IFMT/PPGEN

DOI:

https://doi.org/10.14295/ambeduc.v25i2.11200

Palavras-chave:

Projovem Campo, Currículo, Educação Ambiental, Educação do Campo, Políticas Públicas.

Resumo

O presente artigo pretende refletir sobre a inserção da Educação do Campo no Campus São Vicente do IFMT. Nesta pesquisa, abordamos a Especialização lato sensu “Projovem Campo: saberes e fazeres da terra”. O objetivo é descrever o currículo do Projovem Campo como eixo central das discussões, em diálogo com a Educação Ambiental. Optamos pelo estudo de caso na descrição do processo formativo e lançamos um olhar crítico sobre o material didático da especialização usado para discutir sustentabilidade e assuntos corelacionados à temática ambiental. Como resultado, foi possível perceber a dimensão do programa nas comunidades enquanto política pública e discutirmos a dimensão curricular em diálogo com a Educação Ambiental. The curriculum of Projovem Campo / MT and the dialogue with environmental education: challenges between peasant politics and practices This article aims to reflect on the insertion of Rural Education in the São Vicente Campus of the Federal Institute of Mato Grosso (IFMT). The main objective is to describe the curriculum of “Projovem Campo” Programme, as the central axis of the discussions, in dialogue with Environmental Education. We chose the case study because we believe that the interpretations of this process cannot be generalized to all locus of this public policy. As a result, it was possible to map and identify associations, cooperatives, solidarity economy enterprises, etc. All these elements were fundamental to discuss the curricular dimension of Projovem Campo in dialogue with Environmental Education Keywords: Projovem Campo; Curriculum; Environmental education; Rural Education.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ronaldo Eustáquio Feitoza Senra, PPGEN/CRJAC/GEAC/IFMT

Pedagogo, doutor em Educação UFMT, DOCENTE DO PPGEN/IFMT e líder do Grupo de Estudos em Educação Ambiental e Educação Campesina - GEAC

Michele Tomoko Sato, Docente PPGE/UFMT, LÍDER DO GRUPO PESQUISADOR EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL, COMUNICAÇÃO E ARTE- GPEA

Doutora em Ciências, docente PPGE/UFMT, LÍDER DO GRUPO PESQUISADOR EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL, COMUNICAÇÃO E ARTE- GPEA

Imara Pizzato Quadros, Docente de Artes do IFMT/PPGEN

Licenciada em Artes, Doutora em Educação pela UFMT, DOCENTE DO IFMT/PPGEN

Referências

ALVES, Rubem. O Educador, de alguma forma, é um mostrador de brinquedos. Revista Educação – Edição 130 - 02/2008.

AMOS, Karin. Governança e governamentalidade: relação e relevância de dois conceitos científico-sociais proeminentes na Educação comparada. In: Educação e Pesquisa, São Paulo, v.36, n. especial, p. 023-038, 2010.

ARROYO, Miguel Gonzalez. Políticas de Formação de Educadores (as) do Campo. In: Caderno Cedes, Campinas, vol.27, n.72, p. 157-176, maio/ago. 2007. Disponível em http://www.cedes.unicamp.br.

Brasília. Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais da Educação Básica / Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Currículos e Educação Integral. Brasília: MEC, SEB, DICEI, 2013.

BRASÍLIA. Projeto Base: Projovem Campo – Saberes da Terra / Ministério da Educação. Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade e Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica. Edição 2009.

CALDART, Roseli Salete. Sobre Educação do Campo. Roteiro de exposição para o III Seminário do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (PRONERA) realizado em Luziânia, GO, de 2 a 5 de outubro de 2007. Arquivo em PDF (9 pág.).

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Indignação: cartas pedagógicas e outros escritos. – São Paulo: Editora Unesp, 2000.

JABER, Michelle; SILVA, Regina Aparecida da; SATO, Michèle; PALMA, S.. Um olhar sobre a Educação Ambiental no Estado de Mato Grosso. In: Ministério da Educação/SECAD. (Org.). Educação Ambiental e mudanças ambientais globais - Conteúdo Local. , 2009, v. 01, p. 11-34.

JOERKE, Gabriel Antonio Ogaya. Projeto Pedagógico do Curso de Especialização em EDUCAÇÃO DO CAMPO - SABERES E FAZERES DA TERRA. IFMT - CAMPUS SÃO VICENTE, agosto/2008.

MATO GROSSO. Secretaria de Estado de Educação – SEDUC. Projeto de Educação ambiental - PrEA: projeto ambiental escolar comunitário – PAEC / Secretaria de Estado de Educação – Cuiabá: Tanta Tinta, 2004. 104p. (Série Caderno, 4).

MATO GROSSO. Orientações Curriculares das Diversidades Educacionais / Secretaria de Estado de Educação de Mato Grosso – SEDUC-MT. Cuiabá, 2010.

MEDEIROS, Heitor Queiroz de. Educação ambiental na temporalidade do Acre: um olhar sobre a heterotopia de Chico Mendes / Heitor Queiroz de Medeiros. -- São Carlos: UFSCar, 2007.182 f. Tese (Doutorado) -- Universidade Federal de São Carlos, 2006.

MEIRA, Pablo; SATO, Michèle. Só os peixes mortos não conseguem nadar contra a correnteza. Revista de Educação Pública, v.14, n.25, 17-31p., 2005.

MOLINA, Mônica Castagna; ROCHA, Eliene Novaes. Mesa Redonda: Política de Educação do Campo: percurso e momento atual. In: Reunião Ampliada/Oficina Planejamento do Fórum Nacional de Educação do Campo – FONEC, dias 13 e 14 de junho de 2013, Brasília-DF.

MOREIRA, Antonio Flavio Barbosa, 1945-Currículos e programas no Brasil/ Antonio Flavio B. Moreira. –3ª ed. – Campinas, SP: Papirus, 1997—Coleção magistério: Formação e trabalho pedagógico.

MCLAREN, Peter. A VIDA NAS ESCOLAS: UMA INTRODUÇÃO À PEDAGOGIA CRÍTICA NOS FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO. / Peter Mclaren; trad. Lucia Pellanda Zimmer... [et al.]. – Porto Alegre: Artes Médicas, 2ª ed., 1997.

PASSOS, Luiz Augusto. Aguaçu na dança do(s) tempo(s) e a Educação da escola: tempora, o mores / Luiz Augusto Passos. – Cuiabá: Instituto de Educação, 1998. (tese de doutorado).

PASSOS, Luiz Augusto; SATO, Michèle. “Educação Ambiental: o currículo nas sendas da fenomenologia merleau-pontyana”. In SAUVÉ, Lucie; ORELLANA, Isabel et SATO, Michèle (dir.) Sujets Choisis En Éducation Relative À L'environnement - D'une Amérique À L'autre. Montréal: Ere-Uqam, 2002a, tome i: p. 129-135.

SATO, Michèle. Em busca de sociedades sustentáveis. Pátio - Revista Pedagógica: Educação para o desenvolvimento sustentável. Porto Alegre: ano XII, mai/jul, 2008, p. 55-59.

SATO, Michèle. Projeto Político Pedagógico do Curso de Especialização: Educação Ambiental Campesina. UFMT, Cuiabá- maio/2011.

SENRA, Ronaldo E. F.; SATO, Michèle; OLIVEIRA, Herman Hudson de. Projeto Ambiental Escolar Comunitário - PAEC. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade, 2009.

SENRA, Ronaldo E. F.; SATO, Michèle. PROJOVEM CAMPO - MT: DESAFIOS ENTRE A GOVERNABILIDADE E A GOVERNANÇA. In: CONPeduc 2013 - Congresso de Pesquisa em Educação 2013: Tempos de vida, cultura e Educação. Rondonópolis-MT, UFMT, 2013.

SENRA, Ronaldo E. F.; EDUCAÇÃO DO CAMPO NO IFMT – CAMPUS SÃO VICENTE: desafios da construção de uma Educação dialógica. Tese (doutorado) – Universidade Federal de Mato Grosso, Instituto de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, Cuiabá, 2014.

SENRA, Ronaldo E. F.; SATO, Michèle; MELLO, G. J. ; CAMPOS, A. G.. Juventudes, Educação do Campo e Formação Técnica: um estudo de caso no IFMT. In: Revista Educação e Realidade Edição eletrônica, p. 605 / n.2-626, 2017.

SILVA, Tomaz Tadeu da. Os novos Mapas Culturais e o Lugar do Currículo numa Paisagem Pós-Moderna. In: Territórios Contestados: o currículo e os novos mapas políticos e culturais. / Tomaz Tadeu da Silva, Antonio Flávio Moreira (orgs). – Petrópolis, RJ: Vozes, 1995.p.184-202.

SCHIMIDT, Armênio Bello; LIMA, Sara de O. S; SECHIM, Wanessa Z. Desenvolvimento sustentável e solidário com enfoque territorial: caderno pedagógico educadoras e educadores / Coordenação: Armênio Bello Schmidt, Sara de Oliveira Silva Lima, Wanessa Zavarese Sechim. – Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade, 2010.

TRISTÃO, Martha. Um olhar sobre a Educação Ambiental no Brasil. In: Processo formador em Educação ambiental a distância: módulo 1 e 2: Educação a distância, Educação ambiental. - Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade, 2009.

THERRIEN, Jacques. A Professora Rural: o saber de sua prática social na esfera da construção social da escola no campo. In: Educação e escola no campo / Jacques Therrien, Maria Nobre Damasceno coords. – Campinas: Papirus, 1993. – (Coleção magistério. Formação e trabalho pedagógico).

ZAKRZEVSKI, Sônia Balvedi. Por uma Educação ambiental crítica e emancipatória no meio rural. In: Revista brasileira de Educação ambiental/Rede Brasileira de Educação Ambiental, n. 0 (nov.2004). –Brasília: Rede Brasileira de Educação Ambiental, 2004. p. 79-86.

Downloads

Publicado

2020-08-31

Como Citar

Senra, R. E. F., Sato, M. T., & Quadros, I. P. (2020). O currículo do Projovem Campo-MT e o diálogo com a educação ambiental: desafios entre políticas e práticas camponesas. Ambiente &Amp; Educação, 25(2), 341–368. https://doi.org/10.14295/ambeduc.v25i2.11200

Edição

Seção

Dossiê: Pesquisas e Práticas em Educação Ambiental e Educação do Campo