A relação pessoa-ambiente nas produções acadêmicas brasileiras entre 2001 e 2010

Autores

  • Jéferson Passig Universidade Federal de Santa Catarina
  • Ariane Kuhnen Universidade Federal de Santa Catarina
  • Luana dos Santos Raymundo Universidade Federal de Santa Catarina

Palavras-chave:

Psicologia Ambiental, Estado da arte, Pessoa-Ambiente, Interdisciplinaridade, Classificação

Resumo

O estudo objetiva contribuir com a discussão sobre a atual posição das pesquisas em Psicologia Ambiental, através da identificação dos diferentes modos de compreensão da relação pessoa-ambiente, conforme proposto por Stokols (1978). Para isso, fez-se uma análise taxonômica e um enquadramento estatístico das informações contidas nos resumos das teses e dissertações encontradas nas Pós-Graduação em Psicologia no Brasil entre os anos de 2001 e 2010. Resultou em 42 estudos analisados. Destes, a maior parte dos temas pesquisados pertencem ao Modo Avaliativo, identificado em 14 estudos. Sugere-se que os pesquisadores considerem os resultados dos estudos de levantamento e análise das produções no momento de suas escolhas temáticas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jéferson Passig, Universidade Federal de Santa Catarina

Graduação em Psicologia pela Fundação Universidade Regional de Blumenau (2001). Formação em Psicologia Existencialista pelo NUCA (2004). Pós-graduação em Gestão e Metodologia do Ensino pela Faculdade Dom Bosco (2005). Mestrado em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (2011).

Ariane Kuhnen, Universidade Federal de Santa Catarina

Psicóloga, Mestre em Sociologia Política, Doutora em Ciências Humanas, Professora do Departamento de Psicologia e do Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal de Santa Catarina. Coordenadora do Laboratório de Psicologia Ambiental-LAPAM. Exerce atividades de ensino, pesquisa extensão na área de Psicologia, com ênfase em psicologia educacional, do desenvolvimento e, psicologia ambiental. Coordena o subprojeto do PIBID Psicologia da UFSC, desde agosto de 2013.

Luana dos Santos Raymundo, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutoranda, possui Mestrado, Formação e Licenciatura em Psicologia pela Universidade Federal de Santa Catarina. Tem experiência na área de Psicologia Hospitalar, com ênfase em Psicologia Pediatrica e do Desenvolvimento Infantil, sendo essas áreas aprimoradas quando atuou nas seguintes instituições hospitalares: Hospital Universitário/UFSC (1998-2003) e Hospital das Clinicas/FMUSP (2004-2006). Tem experiência com Tutoria na Educação a Distância com a disciplina de Psicologia da Educação. Atualmente é pesquisadora no Laboratório de Psicologia Ambiental (LAPAM/UFSC) realizando pesquisas em duas linhas: psicologia do desenvolvimento e psicologia ambiental.

Downloads

Publicado

2014-07-25

Como Citar

Passig, J., Kuhnen, A., & Raymundo, L. dos S. (2014). A relação pessoa-ambiente nas produções acadêmicas brasileiras entre 2001 e 2010. Ambiente &Amp; Educação, 18(2), 145–160. Recuperado de https://periodicos.furg.br/ambeduc/article/view/3873

Edição

Seção

Artigos