Saberes e fazeres locais na conservação dos recursos hídricos: bases para ações em Educação Ambiental em uma unidade de conservação

Autores

  • Piatã Santana Marques

Palavras-chave:

Saberes e Fazeres, Educação Ambiental, Recursos Hídricos

Resumo

O presente estudo teve por objetivo observar o conjunto de saberes e fazeres presentes em determinada comunidade, com relação aos recursos hídricos, visando subsidiar ações em educação ambiental, que favoreçam a conservação e a gestão local desse recurso. A metodologia utilizada foi o estudo de caso. Os resultados indicam que os saberes locais estão fragmentados e não se articulam entre si, resultando em fazeres que contribuem para aumentar a pressão antrópica sobre o ecossistema. Nesse contexto, é proposto que as ações em educação ambiental abordem a integração dos conhecimentos da população, privilegiando as práticas sustentáveis já adotadas, buscando a conservação e o uso consciente do recurso, além do preenchimento de algumas lacunas no conhecimento existente, com o objetivo de modificar a realidade estabelecida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Piatã Santana Marques

Departamento de Ecologia, Instituto de Biologia Roberto Alcantara Gomes-IBRAG

Downloads

Publicado

2012-05-10

Como Citar

Marques, P. S. (2012). Saberes e fazeres locais na conservação dos recursos hídricos: bases para ações em Educação Ambiental em uma unidade de conservação. Ambiente &Amp; Educação, 16(2), 115–122. Recuperado de https://periodicos.furg.br/ambeduc/article/view/1839

Edição

Seção

Artigos