Políticas socioambientais em gestação na construção do espaço urbano

Ana Elisa Sparano Fontoura, Aloísio Ruscheinsky

Resumo


Procuramos demonstrar, neste trabalho, que o resultado de um longo processo de luta pelo direito à moradia poderá contribuir para a implementação de uma nova perspectiva ambiental. Uma política socioambiental deve contar com o trabalho dos moradores, como prática para o exercício da cidadania. Pelos resultados de nossa pesquisa, o aprendizado adquirido sobre o meio ambiente a partir das lutas sociais poderá levar à participação cidadã nos destinos da cidade e, conseqüentemente, dos problemas ambientais. E, ao fazer valer os direitos de cidadania, reconstroem-se também as relações sociais urbanas, possibilitando a emergência de novas perspectivas sobre o meio ambiente. Em conclusão, as gestões democráticas, ao considerarem as demandas populares e as exigências da legislação ambiental, estabelecem as diretrizes para uma política habitacional estruturada na participação, como é o caso dos mutirões autogeridos, efetivando os agentes sociais protagonistas do espaço urbano.

Palavras-chave


Meio ambiente. Cidade. Construção. Cidadania.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Flag Counter