O MEIO AMBIENTE NA PRÁTICA DE ESCOLAS PÚBLICAS DA REDE ESTADUAL DE SÃO PAULO: INTENÇÕES E POSSIBILIDADES

Autores

  • Claudia Elisa Alves Ferreira Faculdade de Educação da USP

Palavras-chave:

Educação Ambiental, Formação de professores, Materiais pedagógicos

Resumo

Partindo do pressuposto que a escola tem um papel fundamental de estimular a reflexão e subsidiar a ação dos cidadãos para um comportamento mais responsável ética e ambientalmente, realizamos uma pesquisa para investigar se a Educação Ambiental proposta nos materiais pedagógicos oficiais do Ministério da Educação e Cultura (MEC) tem sido efetivamente aplicada na educação formal. Também verificamos a produção desses materiais referentes aos últimos cinco anos, enviados pela Secretaria de Educação de São Paulo às escolas públicas, destacando os relacionados ao meio ambiente e acompanhamos sua utilização por professores de 5as. a 8as. séries do Ensino Fundamental em três escolas pesquisadas. Utilizamos entrevistas semiestruturadas com os docentes e observação direta das aulas desse nível de ensino. Observamos que, apesar de haver nos “Cadernos do Aluno” conteúdo referente ao meio ambiente, nem sempre o assunto é contemplado nas aulas e os docentes sentem-se despreparados para aplicar esses conteúdos. Eles mencionam problemas, como o excesso de alunos em sala, a falta de infraestrutura na escola, dentre outros. As questões ambientais ainda são apresentadas de forma superficial, pragmática e sem uma reflexão mais crítica. Propomos que a Educação Ambiental seja inserida no ambiente escolar permeando todas as disciplinas e estimulando reflexões e ações que envolvam os atores nesse contexto e façam parte dos projetos educativos das escolas. Sugerimos a necessidade de ampliar a esfera da discussão ambiental, suscitar debates a respeito da práxis pedagógica e estimular o reconhecimento da importância da Educação Ambiental crítica para a construção de uma sociedade mais participativa e sustentável.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Claudia Elisa Alves Ferreira, Faculdade de Educação da USP

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade de Santo Amaro (1988), pós graduação em Análises Clínicas na Universidade São Judas Tadeu (1991) e mestrado em Microbiologia na USP (2003). Completou o doutorado em 2012, na Faculdade de Educação da USP, área de Metodologia do Ensino de Ciências, com a pesquisa sobre o meio ambiente na prática de escolas públicas estaduais de São Paulo. Atua na docência do ensino superior desde 2005, lecionando atualmente no Centro Universitário Estacio Radial. Experiência em cursos de Gestão Ambiental, Pedagogia e Administração, ênfase em Metodologia de Ciências, Metodologia da Pesquisa científica e Educação e Saúde em Contexto Hospitalar, além de tutoria de Projetos Integrados nos mencionados cursos. Foi coordenadora do curso de Pedagogia em um dos campi da Instituição por dois anos. Lecionou também Ciências e Biologia em escolas públicas e particulares e atuou no Programa de Aperfeiçoamento de Ensino (PAE), no curso de Microbiologia para graduação em Veterinária da USP.

Downloads

Publicado

2013-10-24

Como Citar

Ferreira, C. E. A. (2013). O MEIO AMBIENTE NA PRÁTICA DE ESCOLAS PÚBLICAS DA REDE ESTADUAL DE SÃO PAULO: INTENÇÕES E POSSIBILIDADES. Ambiente &Amp; Educação, 18(1), 185–210. Recuperado de https://periodicos.furg.br/ambeduc/article/view/3100

Edição

Seção

Artigos