Reflexões Acerca da Formação Inicial de Professores de Química e o Papel da Experimentação Como Instrumento Pedagógico no Ensino.

Autores

  • Renata de Souza Santos Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande Do Sul -UNIJUÌ

Palavras-chave:

Formação docente. Experimentação. Ensino de química

Resumo

Este texto socializa reflexões sobre um processo de formação docente no qual uma professora de química, em formação inicial, expressa percepções sobre questões relacionadas ao ensino de Química, produzidas durante sua trajetória em instituições responsáveis pela sua formação: a escola básica e a universidade. Nesse sentido, o texto contempla dois momentos: o primeiro descreve e analisa documentos que tratam do ensino de Química nos níveis Médio e Superior. O segundo momento aborda o papel da experimentação, na formação inicial de professores, e analisa a forma que essa metodologia de ensino comparece em documentos oficiais e em livros didáticos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renata de Souza Santos, Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande Do Sul -UNIJUÌ

Possui graduação em Química pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (2013). Tem experiência na área de experimentação no ensino de Química, atuando principalmente nos seguintes temas: ensino de ciências, currículo escolar, metodologias de ensino e formação de professores

Downloads

Publicado

2014-02-21

Como Citar

Santos, R. de S. (2014). Reflexões Acerca da Formação Inicial de Professores de Química e o Papel da Experimentação Como Instrumento Pedagógico no Ensino. Revista Didática Sistêmica, 15(2), 140–154. Recuperado de https://periodicos.furg.br/redsis/article/view/4017

Edição

Seção

Artigos