Bases marxistas para la educación ambiental

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14295/ambeduc.v23i3.8290

Palavras-chave:

Marxismo, questão ambiental, metabolismo com a natureza, classes sociais

Resumo

Karl Marx desenvolveu uma ampla teoria sobre o funcionamento do sistema capitalista. Também deu passos metodológicos importantes para analisar a relação do ser humano com seu ambiente externo. Este artigo explica a importância do conceito de trabalho geral desenvolvido por Marx. Sua abordagem mostra o papel diferente que as classes desempenham na natureza externo e no desenvolvimento. As implicações da evolução do trabalho geral no ambiente externo revelam a importância de incorporar a responsabilidade das classes sociais à educação ambiental, não apenas em termos de resultados de contaminação e depredação, mas também às forças que as orientam.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Guillermo Foladori, Universidad Autónoma de Zacatecas

Professor-Investigador. Unidad Académica en Estudios del Desarrollo.

Downloads

Publicado

2018-12-22

Como Citar

Foladori, G. (2018). Bases marxistas para la educación ambiental. Ambiente &Amp; Educação, 23(3), 159–169. https://doi.org/10.14295/ambeduc.v23i3.8290

Edição

Seção

Dossiê Karl Marx 200 Anos: natureza e o marxismo ecológico