Biodiversidade e Desenvolvimento Sustentável: a interdisciplinaridade das ações ambientais como proposta de inclusão social

Autores

  • Henrique Machado Dias Depto. Ciências Florestais e da Madeira da Universidade Federal do Espírito Santo

Palavras-chave:

Vulnerabilidade. Tecnologia Social. Desenvolvimento Local.

Resumo

Objetivou-se demonstrar uma proposta de uso socioeconômico das áreas degradadas por plantios de coco em Caravelas, Bahia, criando um modelo para que elas sejam mais produtivas a partir da geração de trabalho e renda, voltada para o uso sustentável das espécies nativas, considerando a vocação natural do ecossistema. As categorias analisadas basearam-se nos conflitos, vulnerabilidade, etnobotânica, fitofisionomias, bens e serviços, desenvolvimento local, gestão costeira, sustentabilidade e produtos florestais não-madeiráveis. Os resultados subsidiam a formação de uma rede para implantação de empreendimentos sustentáveis no processo produtivo local, associando à utilização de espécies nativas para reflorestamento de áreas degradadas, com fins de geração de trabalho e renda em conjunto com o movimento de tecnologia social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Henrique Machado Dias, Depto. Ciências Florestais e da Madeira da Universidade Federal do Espírito Santo

Depto. Ciências Florestais e da Madeira da Universidade Federal do Espírito Santo Área de Conservação da Natureza

Downloads

Publicado

2014-07-25

Como Citar

Dias, H. M. (2014). Biodiversidade e Desenvolvimento Sustentável: a interdisciplinaridade das ações ambientais como proposta de inclusão social. Ambiente &Amp; Educação, 18(2), 37–58. Recuperado de https://periodicos.furg.br/ambeduc/article/view/3202

Edição

Seção

Artigos