Uma educação étnico-racial a partir das artes visuais

Walace Rodrigues

Resumo


Este escrito tenta compreender melhor as representações dadas aos homens negros nas artes visuais ocidentais do século XV ao XIX como caso de análise voltada para a educação, buscando a compreensão de como o discurso da diferença é moldado. Para tanto, dou como exemplos obras de Albrecht Dürer (1471-1528), Peter Paul Rubens (1577-1640), Jean-Baptiste Debret (1768-1848) e Johann Moritz Rugendas (1802-1858), importantes artistas plásticos da história da arte ocidental. Busca-se uma compreensão da figura do homem negro e representado em formato de retrato a partir das obras analisadas. Tais obras são Cabeça de um negro, de Dürer; Cabeça de um homem negro, de Rubens; Diferentes nações negras, Debret; e Moçambique, de Rugendas.

Palavras-chave


Representação; discurso; homem negro; artes visuais ocidentais, educação.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


REDSIS-Revista Didática Sistêmica, ISSN 1809-3108, Rio Grande-RS, Brasil. revdidaticasistemica@furg.br

PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ