<b>O direito das mulheres a cidadania e a instrução pública, nos escritos de Condorcet<b/>

Autores

  • Itamaragiba Chaves Xavier

Palavras-chave:

Cidadania. Mulheres. Instrução. Condorcet.

Resumo

O objetivo deste estudo é analisar nos escritos de Condorcet a sua defesa do direito a cidadania e de instrução pública para as mulheres. A metodologia de pesquisa empregada é da análise de conteúdo (BARDIN, 2004). Tendo por fontes o Bosquejo de un cuadro histórico de los progresos del espíritu humano y otros textos (CONDORCET, 1997), Cinco memórias sobre a instrução pública (CONDORCET, 2008) e Escritos sobre instrução pública: Condorcet (CONDORCET, 2010). As conclusões preliminares são de que Condorcet defende direitos iguais de homens e de mulheres.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Itamaragiba Chaves Xavier

Graduação em licenciatura plena em história pela Universidade Federal de Pelotas, Brasil(2007). Mestrado em Educação (2009) - Através do Programa de Pós-Graduação, da Faculdade de Educação, da Universidade Federal de Pelotas (PPGE/FAE/UFPEL). Atualmente é Doutorando do PPGE/FAE/UFPEL, orientado pelo Professor Doutor Elomar Tambara. Também é membro do Centro de Estudos e Investigações em História da Educação - CEIHE/UFPEL.

Mais informações: Currículo Lattes

Downloads

Publicado

2012-09-26

Como Citar

Xavier, I. C. (2012). &lt;b&gt;O direito das mulheres a cidadania e a instrução pública, nos escritos de Condorcet&lt;b/&gt;. Revista Didática Sistêmica, 14(1), 29–41. Recuperado de https://periodicos.furg.br/redsis/article/view/2527

Edição

Seção

Artigos