PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA FRANQUEADOS A PROGRAMAS DE AULAS PRÉ-COREOGRAFADAS: MOTIVAÇÕES, RELAÇÕES COM A FORMAÇÃO INICIAL E ATUAÇÃO PROFISSIONAL

Elina Oliveira, Gustavo Freitas

Resumo


Resumo: Alinhado à expansão do número de academias de ginástica no Brasil, surgiu um novo produto no mercado do fitness: as franquias de programas de aulas pré-coreografadas. Diante desse cenário, o artigo buscou identificar o que leva um professor de Educação Física a se tornar um franqueado, bem como discutir possíveis interfaces entre sua atuação profissional e a formação inicial. Entrevistas foram realizadas com cinco profissionais de Educação Física com formação em licenciatura, franqueados a um programa de aulas pré-coreografadas e atuantes com a modalidade a que são franqueados no momento da pesquisa. Concluímos que as principais motivações para se tornar um franqueado são o gosto pessoal pela dança, as experiências sociocorporais anteriores à formação inicial, o suporte fornecido pela franquia e o marketing disponibilizado pela mesma. Isto afeta a atuação profissional no sentido de sua responsabilização por se manter atualizado e atuante no mercado recrutando um público-alvo.

Palavras-chave


educação física; ginástica de academia; programas de ginástica

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14295/rds.v21i1.9063

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


REDSIS-Revista Didática Sistêmica, ISSN 1809-3108, Rio Grande-RS, Brasil. revdidaticasistemica@furg.br

PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ