A EDUCAÇÃO INTEGRAL NA TRAMA DA CIDADE: A CONSTITUIÇÃO DE UMA POLÍTICA PÚBLICA DE PORTO ALEGRE, NO INÍCIO DO SÉCULO XX.

Fabiana Gazzotti Mayboroda, Leandro Forell

Resumo


O artigo analisa inicialmente que a Educação Integral em jornada ampliada apresenta-se como uma discussão no campo das políticas educacionais da atualidade, faz-se então uma reflexão sobre a noção de Educação Integral em determinados tempos históricos. Atenta-se ao fato que é possível reconhecer que propostas que visavam a ocupação do tempo e da ociosidade de crianças para além da jornada escolar mínima, já existiram e servem de referência para a proposta atual de Educação Integral instituída no país. É realizada uma descrição e análise da experiência de Educação Integral, acontecida nas praças de Porto Alegre, no começo do século XX, chamada de “Jardins de Recreio”. Utilizando-se da abordagem da História Cultural, objetivou-se entender a implantação dessa experiência. Realizou-se uma análise documental dos Boletins Técnicos, procurando entender as influências das políticas do Serviço de Recreação Pública na construção do ideário de cidade moderna, higiênica, bela e regrada, em um espaço não escolar e considerado como complemento a escola.

Palavras-chave


Educação Integral; História da Educação; História da Educação Física

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


REDSIS-Revista Didática Sistêmica, ISSN 1809-3108, Rio Grande-RS, Brasil. revdidaticasistemica@furg.br

PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ