Análise da percepção das pedagogas que trabalham com o movimento na educação infantil

Ronê Paiano, Tatiane Duarte Silva, Greyce Kelly Oliveira

Resumo


Esta pesquisa teve por objetivo analisar a percepção das pedagogas na aplicação de atividades para estimular o movimento na Educação Infantil. Foram entrevistados 3
sujeitos, que cursaram o mesmo curso de pedagogia e que atuam na área há pelo menos 2 anos. Todos os sujeitos da pesquisa acreditam na importância de se estimular o movimento e atribuem esta valorização especialmente pelas disciplinas cursadas na graduação. Dentre os sujeitos que se sentem capazes para aplicar as atividades atribuem a esta percepção não apenas pelas vivências na graduação mas principalmente pela experiência profissional no estímulo ao movimento, pela participação em cursos, congressos, estudos adicionais, leituras
e o contato com profissionais mais experientes e especializados como o de Educação Física. Em relação à atuação, todos sujeitos planejam as atividades e consideram fundamental brincar
junto com elas ao invés ficarem apenas observando. Independente de quem irá ministrar essas aulas é importante que as crianças as tenham e que elas ocorram com a qualidade que elas merecem e necessitam.

Palavras-chave


Movimento; Educação Física; Pedagogia

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


REDSIS -Revista Didática Sistêmica,ISSN 1809-3108, Rio Grande/RS, Brasil. revdidaticasistemica@furg.br