Antropologia do devaneio: compreendendo o símbolo filosófico da liberdade como vontade de representação – lugares imaginários, subjetividades religadas e o porvir na educação

André Luiz Portanova Laborde, Maicon Dourado Bravo, Aline Simões Menezes

Resumo


O presente trabalho pretende discutir acerca de princípios filosóficos possibilidades de compreensão sobre lugares imaginários, subjetividades religadas que de certa maneira constroem uma educação do porvir. Essa educação do porvir está aliada a uma reflexão pedagógico-filosófica que tenta abarcar o imaginário social e a memória, pensando rever/resignificar/propor caminhos para uma compreensão mais aprofundada de alguns conceitos. Dessa maneira, Liberdade, Representação, Educação, Antropologia, serão nortes para fomentarmos esse debate.

Palavras-chave


Antropologia. Imaginação Social. Representação.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


REDSIS -Revista Didática Sistêmica,ISSN 1809-3108, Rio Grande/RS, Brasil. revdidaticasistemica@furg.br