OS PROFESSORES DE ARTES VISUAIS E A PANDEMIA DA COVID-19

Autores

  • Vinícius Luge Oliveira Universidade Federal de Roraima/Professor
  • Maria Cristina da Rosa Fonseca da Silva Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Janine Alessandra Perini Universidade Federal do Maranhão

DOI:

https://doi.org/10.14295/momento.v30i01.13202

Resumo

O artigo pretendeu analisar como os professores com formação em Artes Visuais vivenciaram a pandemia da Covid-19, nos aspectos pessoais e político-pedagógicos. A partir de um questionário on line com nove questões dissertativas e uma objetiva, respondidas por 70 professores de artes, buscou-se identificar os suportes recebidos, a estrutura disponibilizada para professores, que estratégias esses profissionais criaram para adaptar-se ao contexto da pandemia, como alunos responderam, quais conteúdos foram abordados e que mudanças o ensino remoto propiciou para o ensino das artes visuais. A partir de uma análise fundamentada no materialismo histórico-dialético, identificaram-se contradições existentes entre as necessidades pedagógicas requeridas e o suporte recebido pelos professores. Para analisar os dados, foram utilizados os estudos de Saviani (2020) e Duarte (2016), entre outros estudiosos da Pedagogia Histórico-Crítica (PHC), buscando problematizar os fundamentos filosóficos e metodológicos da didática da PHC (GALVÃO; LAVOURA; MARTINS, 2019), sem desconsiderar a análise das políticas educacionais que buscam implementar o neoliberalismo na educação. Como principais resultados, o estudo aponta o despreparo das escolas para desenvolver as atividades no contexto do ensino remoto, deixando o processo pedagógico à própria sorte dos professores. O estado emocional e a saúde dos professores também foram abaladas e as condições de acesso às tecnologias também ficaram sobre a responsabilidade docente. No caos representado pelo ensino remoto, poucas instituições promoveram debates acerca do processo pedagógico e as implicações deste cenário. Quanto a especificidade da formação em Artes Visuais, os professores apontam que a parte de formação prática artística foi muito prejudicada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vinícius Luge Oliveira, Universidade Federal de Roraima/Professor

É bacharel e licenciado em Artes Visuais pela Universidade Federal de Santa Maria e Mestre em Educação pela mesma instituição, cursa atualmente o Doutorado em Artes Visuais, no Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da Universidade Estadual de Santa Catarina. É Professor Adjunto 2, do curso de Artes Visuais da Universidade Federal de Roraima. Participa dos Grupos de Pesquisa Cruviana, vinculado à UFRR e o Grupo Educação, Artes e Inclusão, vinculado à UDESC com pesquisas sobre o Ensino da Arte e a Formação de Professores na perspectiva marxista.

Maria Cristina da Rosa Fonseca da Silva, Universidade do Estado de Santa Catarina

Possui Educação Artística, UDESC (1988), mestrado em Educação e doutorado em Engenharia de Produção/ mídia e conhecimento (2004),  na UFSC. Em 2010 realizou  Estágio de Pós-doc na Universidad de Sevilla/Espanha. Em 2011, Estágio de Pós Doc na Universidad Nacional Del Arte – IUNA em Buenos Aires, Argentina. É professora titular do CEART/UDESC. Atua  no PPGAV, PPGE e PROFARTES da UDESC. Coordena o projeto  Observatório da Formação no âmbito do Ensino de Arte: estudos comparados Brasil e Argentina.

Janine Alessandra Perini, Universidade Federal do Maranhão

Professora de Artes Visuais da Universidade Federal do Maranhão, Campus São Bernardo. Doutora em Artes Visuais pelo PPGAV/ UDESC. Possui Mestrado em “Artes Visuais”, pela UDESC (2012), especialização em “O Ensino da Arte: Fundamentos Estéticos e Metodológicos” pela UNIVILLE (1998), especialização em “Arteterapia” pelo INPG (2007), graduação em Educação Artística pela UNIVILLE (1998) e graduação em Licenciatura em Pedagogia pela UNIFACVEST (2020). Participa dos grupos de pesquisa: Educação, Arte e Inclusão, UDESC e Grupo de Estudos e Pesquisas Interdisciplinares sobre as Cidades – CITADINO, UFMA.

Downloads

Publicado

2021-08-05

Como Citar

Luge Oliveira, V., Fonseca da Silva, M. C. da R., & Perini, J. A. . (2021). OS PROFESSORES DE ARTES VISUAIS E A PANDEMIA DA COVID-19 . Momento - Diálogos Em Educação, 30(01). https://doi.org/10.14295/momento.v30i01.13202