PSICOMOTRICIDADE, CONSCIÊNCIA CORPORAL E REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DE CRIANÇAS: uma revisão crítica

Autores

  • Alexsandra Minuzzo Xavier Psicopedagoga, Caxias do Sul
  • Natália Marcon Colégio Murialdo, Caxias do Sul
  • Andreia Collin Secretaria Municipal da Educação de Caxias do Sul
  • Tiago Cippolat Antonini Secretaria Municipal da Educação de Caxias do Sul

Palavras-chave:

Psicomotricidade, Consciência corporal, Representação Gráfica de Crianças

Resumo

O presente artigo trata-se de uma revisão narrativa crítica, que teve como objetivo geral refletir sobre psicomotricidade, consciência corporal e representação gráfica de crianças. Os objetivos específicos foram revisar bibliografias e expor ideias sobre a pertinência das atividades psicomotoras nas aulas de alfabetização. Como orientação metodológica, um levantamento bibliográfico e análise de base foram feitos a partir de artigos científicos encontrados no Portal de Periódicos CAPES/MEC, conteúdo gratuito. Ao final da revisão constatou-se um espaço de oportunidade para sugerir a pertinência da intervenção psicomotora na construção de um aprendizado gráfico otimizado, visto que a criança se configura como um ser integral.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexsandra Minuzzo Xavier, Psicopedagoga, Caxias do Sul

Especialista em Alfabetização e Letramento

Natália Marcon, Colégio Murialdo, Caxias do Sul

Especialista em Alfabetização e Letramento

Andreia Collin, Secretaria Municipal da Educação de Caxias do Sul

Especialista em Psicopedagogia

Tiago Cippolat Antonini, Secretaria Municipal da Educação de Caxias do Sul

Doutor em Ciências da Atividade Física e do Esporte

Downloads

Publicado

2017-07-03

Como Citar

Xavier, A. M., Marcon, N., Collin, A., & Antonini, T. C. (2017). PSICOMOTRICIDADE, CONSCIÊNCIA CORPORAL E REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DE CRIANÇAS: uma revisão crítica. Revista Didática Sistêmica, 18(1), 79–92. Recuperado de https://periodicos.furg.br/redsis/article/view/6523

Edição

Seção

Artigos