Efeitos de um projeto de extensão universitária na qualidade de vida de idosos

Autores

  • Vanessa Dias Passamai UFRGS
  • Valéria Feijó Martins UFRGS
  • Eliane Mattana Griebler UFRGS
  • Andrea Kruger Gonçalves USP

Palavras-chave:

Qualidade de vida, Idoso, Envelhecimento

Resumo

O objetivo deste estudo foi analisar os resultados de uma intervenção na qualidade de vida de idosos de um projeto de extensão universitária direcionado ao envelhecimento ativo. Amostra foi composta por 14 ingressantes do projeto de extensão universitária que não haviam praticado atividade física regular nos últimos três meses após quatro meses de intervenção ocorreu um pós-teste. Utilizou-se o questionário SF-36 como instrumento. Houve melhora nos domínios dor (DOR) e capacidade funcional (CF) e no somatório total, não ocorrendo nos domínios aspectos físicos (AF) e estado geral de saúde (EGS). Não houve diferença estatística significativa em nenhuma das variáveis aplicadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vanessa Dias Passamai, UFRGS

Licenciatura em Educação Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Valéria Feijó Martins, UFRGS

Licenciatura em Educação Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Eliane Mattana Griebler, UFRGS

Mestrado em andamento em Saúde Coletiva pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Andrea Kruger Gonçalves, USP

Doutorado em Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP).

Downloads

Publicado

2015-09-02

Como Citar

Passamai, V. D., Martins, V. F., Griebler, E. M., & Gonçalves, A. K. (2015). Efeitos de um projeto de extensão universitária na qualidade de vida de idosos. Revista Didática Sistêmica, 16(1), 391–399. Recuperado de https://periodicos.furg.br/redsis/article/view/5252

Edição

Seção

Artigo - GTT Saude