Epistemologia da Agroecologia: as contribuições do paradigma ecológico

Autores

  • Gustavo Fonseca Universidade Estadual Paulista - UNESP

Palavras-chave:

Agroecologia, Paradigma Ecológico, Paradigma Agroecológico, Epistemologia da Agroecologia

Resumo

O atual modelo de produção de alimentos não garantiu a grande promessa da Revolução Verde “Acabar com a fome do mundo”, muito pelo contrario, tem levado a uma rápida degradação do ambiente e da qualidade de vida da humanidade. A atual crise que é enfrentada no campo, a insustentabilidade de seus processos, é acompanhada por uma crise de paradigmas. A Agroecologia surge nesse contexto de crise como Matriz Integradora de Conhecimentos, como novo Paradigma de desenvolvimento rural sustentável e propõe aportes das diversas áreas do conhecimento, inclusive o tradicional. Notamos que na base epistemológica desse novo Paradigma encontra-se o Paradigma Ecológico Proposto por Capra.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gustavo Fonseca, Universidade Estadual Paulista - UNESP

Doutorando em Educação para o Ensino de Ciências no Programa de Pós-graduação em Ensino de Ciências da Faculdade de Ciências da UNESP/Bauru. Trabalha principalmente com Educação Ambiental e Desenvolvimento Sustentável, Pesquisa em Ensino de Ciências e Biologia e Formação de Professores de Ciências e Biologia.

Downloads

Publicado

2015-06-08

Como Citar

Fonseca, G. (2015). Epistemologia da Agroecologia: as contribuições do paradigma ecológico. Revista Didática Sistêmica, 16(1), 3–11. Recuperado de https://periodicos.furg.br/redsis/article/view/5110

Edição

Seção

Artigos