A Língua Inglesa no currículo escolar: um paradoxo entre tantos

Sandra Pottmeier, Osmar de Souza, Iara Cristina Zeplin Campos

Resumo


O artigo discute a disciplina de língua estrangeira, neste estudo, o inglês no currículo escolar. Sua escrita foi motivada por duas pesquisas orientadas no Programa de Pós-Graduação do Mestrado em Educação da FURB. Consideram-se falas de sujeitos das pesquisas. Evita-se qualquer comparação porque as condições de produção são distintas; os dos dispositivos de análise também o são. Busca-se, numa perspectiva de teorias de currículo e, por pesquisas desenvolvidas principalmente por autores que se fundamentam na Linguística Aplicada a partir dos discursos dos alunos. Assim, um dos dizeres recorrentes nas duas pesquisas se refere ao inglês como interesse instrumental, para efeitos de turismo, por exemplo, ou como ferramenta de trabalho, como leitura de orientações técnicas.

Palavras-chave


Língua Inglesa. Teorias de currículo. Letramento em Língua Inglesa. Sentidos.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


REDSIS-Revista Didática Sistêmica, ISSN 1809-3108, Rio Grande-RS, Brasil. revdidaticasistemica@furg.br

PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ