Educação e saúde nos anos iniciais do ensino fundamental: um estudo de caso

Daniela Dressler Dambros, Marcelli Evans Telles dos Santos, Dandara Fidélis Escoto, Marlise Grecco de Souza Silveira, Vanderlei Folmer

Resumo


Este estudo de caso, realizado em uma escola pública de
Uruguaiana-RS, investigou as dificuldades percebidas por
professoras dos anos iniciais do Ensino Fundamental para trabalhar o tema saúde. Quatro professoras, com idade entre 34 e 65 anos e tempo de docência entre 2 e 40 anos, responderam a uma entrevista,gravada e transcrita. A partir da análise de conteúdo, foram identificadas cinco dificuldades: a baixa condição de vida da família, a falta de apoio da família, a falta de capacitação profissional dos professores, as dificuldades particulares dos alunos e a necessidade de alfabetizar os alunos. Sugere-se que uma educação baseada na participação ativa e crítico-reflexiva dos alunos, partindo de uma formação docente preocupada com esta necessidade, possa reduzir as dificuldades de trabalhar o tema saúde nos anos iniciais e, ainda, colaborar com o processo de alfabetização.

Palavras-chave


Educação em Ciências; Saúde; Anos Iniciais

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


MOMENTO - Diálogos em Educação, E-ISSN 2316-3100, Rio Grande/RS, Brasil

PROPESQ
PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ