Produções estéticas da capoeira: reflexões acerca da prática mercadorizada

Autores

  • Daiane Grillo Martins Universidade Federal do Rio Grande, FURG. Rio Grande/RS
  • Raquel da Silveira Universidade Federal do Rio Grande, FURG. Rio Grande/RS

Palavras-chave:

Capoeira, Estética, Mercado

Resumo

Este trabalho tem por objetivo refletir sobre as produções estéticas decorrentes do processo de mercadorização da capoeira. Portanto, consideramos que a capoeira transforma-se para adaptar-se às necessidades que são produzidas na sociedade. As mudanças acontecem para atender as exigências do mercado de consumo cada vez mais voltado às satisfações não só dos praticantes, mas também de seus espectadores. Assim, revela-se uma dinâmica estética caracterizada pela supervalorização dos movimentos acrobáticos. Nesse contexto, apontamos que esta prática corporal mercadorizada pode estar se afastando de sua fundamentação centralizada na satisfação do capoeirista, com início e fim em si mesma, já que prioriza o olhar espectador. O que apontamos é que cada vez mais esse processo se torna naturalizado e, portanto, necessário de reflexão no que se refere a prática que produzem ou reproduzem os capoeiristas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-07-19

Como Citar

Martins, D. G., & da Silveira, R. (2016). Produções estéticas da capoeira: reflexões acerca da prática mercadorizada. Revista Didática Sistêmica, 17(1), 264–275. Recuperado de https://periodicos.furg.br/redsis/article/view/5926

Edição

Seção

Artigo - GTT Recreação/Lazer