Das possibilidades de erotizar: a Scielo Brasil e os corpos femininos

Autores

  • Josiane Vian Domingues FURG
  • Méri Rosane Santos Silva FURG

Palavras-chave:

Corpos Femininos, Erotismo, Processos de Subjetivação

Resumo

Esse trabalho apresenta como objetivo compreender de que maneira o erotismo vem sendo produzido em relação aos corpos femininos nos artigos dispostos na Scielo Brasil. Para isto, o corpus analítico é composto por algumas enunciações que materializam possibilidades de compreender o erotismo, assumindo os entendimentos que Michel Foucault realizou sobre as enunciações. Das possibilidades de erotizar estes corpos, a Scielo Brasil lança a pensar de duas maneiras: a primeira em que as coloquem em relação aos corpos masculinos, demarcando os papéis que cada um deve assumir e a segunda, trazendo elementos nos próprios corpos que as tornem eróticas ou erotizadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Josiane Vian Domingues, FURG

Doutoranda do PPG Educação em Ciências: Química da Vida e saúde pela FURG

Méri Rosane Santos Silva, FURG

ProfªDrª. da Universidade Federal do Rio Grande (FURG), Instituto de Educação, Licenciatura em Educação Física, Programa de Pós Graduação Educação em Ciências: química da vida e saúde (FURG)

Downloads

Publicado

2015-09-02

Como Citar

Domingues, J. V., & Silva, M. R. S. (2015). Das possibilidades de erotizar: a Scielo Brasil e os corpos femininos. Revista Didática Sistêmica, 16(1), 55–65. Recuperado de https://periodicos.furg.br/redsis/article/view/5210

Edição

Seção

Artigo - GTT Corpo, Cultura e Sociedade