Ditos sobre erotismo na SCIELO Brasil

Autores

  • Josiane Vian Domingues Universidade Federal do Rio Grande-FURG
  • Méri Rosane Santos da Silva Universidade Federal Rio Grande FURG

Palavras-chave:

Discurso científico. Enunciação. Erotismo. Scielo Brasil

Resumo

Esse trabalho objetiva apresentar algumas maneiras pelas quais o erotismo vem sendo produzido no discurso científico brasileiro, especificamente na base de dados Scielo Brasil. Para isso, o referencial teórico utilizado está alicerçado em estudos foucaultianos, especialmente naquilo que confere as enunciações. Do encontro com os artigos, emergiram várias enunciações que fazem funcionar o erotismo, dentre elas: a utilização de estudos baseados em Freud e Bataille sobre a sexualidade; a existência de universais sustentando uma teoria atrelando o erotismo ao prazer, desejo e sensualidade, além da presença de um mercado erótico, as quais acabam comercializando artefatos para uma possível satisfação sexual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Josiane Vian Domingues, Universidade Federal do Rio Grande-FURG

Pedagoga, mestra em Educação em Ciências e acadêmica do curso de Educação Física Licenciatura da Univeridade Federal do Rio Grande. Participante do GESE - Grupo de Estudos Sexualidade e Escola e do OCUCO - Observatório de Políticas Públicas da Cultura Corporal

Méri Rosane Santos da Silva, Universidade Federal Rio Grande FURG

professora dra. Instituto de Educação

Downloads

Publicado

2014-02-21

Como Citar

Domingues, J. V., & Silva, M. R. S. da. (2014). Ditos sobre erotismo na SCIELO Brasil. Revista Didática Sistêmica, 123–134. Recuperado de https://periodicos.furg.br/redsis/article/view/4182

Edição

Seção

Artigos