<b>Diálogo entre arte e ecologia através das obras de Tarsila do Amaral e Frans Krajcberg</b>

Autores

  • Lidiane Fonseca Dutra

DOI:

https://doi.org/10.14295/rds.v12i0.1561

Palavras-chave:

Arte, Ecologia, Tarsila do Amaral, Frans Krajcberg

Resumo

O presente ensaio propõe um diálogo a respeito da relação entre arte e ecologia através da análise de obras de dois artistas representativos no cenário nacional: Tarsila do Amaral e Frans Krajcberg. Inicia pela trajetória artística e pessoal de cada um, analisa os Manifestos Pau Brasil e Rio Negro, que fundamentaram as concepções nacionalistas e naturalistas de ambos, para, enfim, propor um diálogo e uma reflexão através das obras Manacá, de Tarsila e Flor do Mangue, de Krajcberg.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lidiane Fonseca Dutra

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação Ambiental da Universidade Federal do Rio Grande - FURG. Graduada em Artes Visuais - Licenciatura pela mesma instituição. Bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior através do Projeto de Qualificação Audiovisual do Curso de Artes Visuais - Licenciatura e Bacharelado.

Downloads

Publicado

2011-04-11

Como Citar

Dutra, L. F. (2011). &lt;b&gt;Diálogo entre arte e ecologia através das obras de Tarsila do Amaral e Frans Krajcberg&lt;/b&gt;. Revista Didática Sistêmica, 12, 44–54. https://doi.org/10.14295/rds.v12i0.1561

Edição

Seção

Artigos