Docência na educação infantil: desafios e perspectivas da formação inicial em pedagogia

Valdete Côco, Maria Nilceia de Andrade Vieira, Karina de Fátima Giesen

Resumo


Questões integrantes dos debates a respeito da formação inicial para a docência na Educação Infantil constituem o foco de reflexão deste artigo. Desenvolvida a partir de estudo mais amplo sobre a formação inicial de professores, a pesquisa, com ancoragem em referenciais teórico-metodológicos bakhtinianos, caracteriza-se por uma abordagem qualitativa de caráter exploratório, com procedimento de levantamento bibliográfico. Como resultados, evidenciam-se fragilidades da formação inicial, sobretudo quando focalizada a docência para a Educação Infantil em aspectos que envolvem políticas públicas dirigidas a esse campo de trabalho. Com isso, ressaltam-se reivindicações de fortalecimento dos processos formativos, na interação entre as instituições e os sujeitos envolvidos nesse contexto, no horizonte de fomentar avanços nas políticas públicas que sustentam o trabalho educativo desenvolvido na primeira etapa da Educação Básica.

Palavras-chave


Educação Infantil. Formação Inicial. Docência.

Texto completo:

PDF

Referências


BAKHTIN, Mikhail Mikhailovich. Estética da criação verbal. 6. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2011.

BALL, Stephen Joseph. Diretrizes políticas globais e relações políticas locais em educação. Currículo sem Fronteiras, v. 1, n. 2, p. 99-116, 2001.

______. Entrevista com Stephen Joseph Ball: um diálogo sobre justiça social, pesquisa e política educacional. Entrevista concedida a Mainardes, J. & Marcondes, M. I. Educação e Sociedade, Campinas, v. 30, n. 106, p. 303-318, jan./abr. 2009.

BRASIL. Constituição [da] República Federativa do Brasil. Brasília: Senado Federal, 1988.

______. Estatuto da criança e do adolescente. Lei n.º 8.069, de 13 de julho de 1990, Brasília: Câmara dos Deputados, Coordenação de Publicações, 2001.

______. Política Nacional de Educação Infantil. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. . Brasília, 1994.

_______. Presidência da República. Casa Civil. Lei n.º 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, DF, 1996.

______. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Conselho Pleno. Resolução CNE/CP n.º 1, de 15 de maio de 2006. Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Pedagogia, licenciatura. Brasília, DF, 2006.

______. Indicadores da Qualidade na Educação Infantil. Brasília: MEC/SEB, 2009b.

______. Resolução n.º 05, de 17 de dezembro de 2009. Fixa as diretrizes curriculares nacionais para a Educação Infantil. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, 18 dez. 2009a.

______. Lei n.º 13.005, de 25 de junho de 2014. Institui o Plano Nacional de Educação e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, 26 de junho de 2014.

______. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Conselho Pleno. Resolução CNE/CP n. 02, de 1º de julho de 2015. Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial em nível superior (cursos de licenciatura, cursos de formação pedagógica para graduados e cursos de segunda licenciatura) e para a formação continuada. Brasília, Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, seção 1, n. 124, p. 8-12.

CERISARA, Ana Beatriz. Educadoras de creches: entre o feminino e o profissional. IX SEMINÁRIO DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO DA REGIÃO SUL – ANPEDSUL; Caxias do Sul, 1998. Anais... Caxias do Sul, 1998.

CHALUH, Laura Noemi. Da dimensão pessoal na formação inicial de professores. Série-Estudos, Rio Claro, v. 22, n.44, p.181-200, jan/abr, 2017.

CÔCO, Valdete. Docência na Educação Infantil. De quem estamos falando? Com quem estamos tratando? In: FLORES, M. L. R.; ALBUQUERQUE, S. S. DE (Org.). Implementação do Proinfância no Rio Grande do Sul: perspectivas políticas e pedagógicas. Dados Eletrônicos. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2015, p. 143-160.

CÔCO, Valdete; GALDINO, Luciana; VIEIRA, Marle Aparecida Fidéles de Oliveira. Narrativas de formação: trabalho com memoriais na aproximação à docência na educação infantil. Revista Cocar, Belém, v. 10, n. 19, p. 121-139, jan./jul. 2016.

________. Trajetórias de formação: perspectivas para a docência na Educação Infantil. Revista Espaço do Currículo, João Pessoa, v. 10, n. 2, p. 272-289, maio/ago. 2017.

DOURADO, Luiz Fernandes. Diretrizes curriculares nacionais para a formação inicial e continuada dos profissionais do magistério da educação básica: concepções e desafios. Educação & Sociedade, Campinas, SP, v. 36, n. 131, abr./jun. 2015.

FAHEINA, Evelyn Fernandes Azevedo; ALVES, Francisca Terezinha Oliveira. O curso de pedagogia do Vale do Mamanguape no contexto das atuais Diretrizes Curriculares Nacionais. Revista Espaço do Currículo, João Pessoa, v. 10, n. 2, p. 344-355, maio/ago. 2017.

FREITAS, Silvana Alves; MASETTO, Marcos Tarciso; FELDMANN, Marina Graziella. O currículo no contexto atual: a interface com o trabalho pedagógico. Revista Cocar, Belém, n. 2, p. 53-75, ago./dez. 2016. Edição especial.

GOMES, Marineide Oliveira. Formação de educadores de infância em Portugal e professores de educação infantil no Brasil: aproximações e distanciamentos. Educação Unisinos, São Leopoldo, RS, v. 21, n. 1, p. 50-59, jan./abr. 2017.

KELLER-FRANCO, Elize; BESSA, Sonia. Construindo alternativas para a formação inicial de professores: a percepção de estudantes de pedagogia sobre a abordagem curricular integrada. Revista e-Curriculum, São Paulo, v. 15, n. 1, p. 153-176, jan./mar. 2017.

KELLER-FRANCO, Elize; MASETTO, Marcos Tarciso. Avanços curriculares na formação inicial de professores. Revista Contrapontos - Eletrônica, Itajaí, SC, v. 17, n. 3, p. 529-551, jul./set. 2017.

KISHIMOTO, Tizuko M. Pedagogia e a formação de professores (as) de Educação Infantil. Pró-Posições, v. 16, n.3 (48), p.181-193, set/dez. 2005.

KISHIMOTO, Tizuko Morchida. Encontros e desencontros na formação dos profissionais de educação infantil. In: ____MACHADO, Maria Lucia de A. (org.). Encontros e Desencontros em Educação Infantil. 3. ed. - São Paulo: Cortez, 2008.

KRAMER, Sonia. (Org.). Profissionais de educação infantil: gestão e formação. São Paulo: Ática, 2005.

MACHADO, Liliane Campos. (Re)configuração curricular no processo de formação de professores e suas relações. Educação, Santa Maria, RS, v. 41, n. 2, p. 297-309, maio/ago. 2016.

MARQUEZAN, Fernanda Figueira; SCREMIN, Greice; SANTOS, Eliane Aparecida Galvão dos. Aprendizagem da docência na formação inicial de professores: contribuições do Pibid/Pedagogia. Educação por Escrito, Porto Alegre, v. 8, n. 1, p. 112-128, jan./ jun. 2017.

MASCARENHAS, Aline Daiane Nunes; FRANCO, Maria Amélia Santoro. De pedagogos a professores: balanço de uma década das Diretrizes Curriculares dos Cursos de Pedagogia no Brasil. Revista Internacional de Formação de Professores (RIFP), Itapetininga, SP, v. 2, n. 1, p. 41-55, 2017.

NASCIMENTO, Leandra Fernandes do; CAVALCANTE, Maria Marina Dias. Formação docente para a educação infantil: uma leitura do curso de pedagogia pós diretrizes curriculares. Revista Contrapontos-Eletrônica, Itajaí, SC, v. 17, n. 3, p. 552-574, jul./set. 2017.

NASCIMENTO, Simone Maria de Bastos; LIRA, Aliandra Cristina Mesomo. Marcos legais para a formação de professores da educação infantil e desafios à docência. Zero-a-Seis, Florianópolis, v. 19, n. 35, p. 99-116, jan./jun. 2017.

OLIVEIRA, Fabiana de; ANDRADE, Giovana Gomes de. O curso de pedagogia nas universidades federais do Estado de Minas Gerais: reflexões acerca do espaço da educação infantil nos currículos de formação inicial. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação – RIAEE, Araraquara, SP, v. 12, n. 1, p. 258-277, 2017.

PEREZ, Deivis; OLIVEIRA, Sabrina Orgado. Formação de professoras no curso de pedagogia: o refletido e o vivido. Comunicações, Piracicaba, SP, v. 22, n. 1, p. 99-118, jan./jun. 2015.

SAMPAIO, Adelar Aparecido; STOBÄUS, Claus Dieter. Formação inicial docente: vivências e necessidades percebidas por licenciandos. Revista Contrapontos - Eletrônica, Itajaí, SC, v. 17, n. 1, p. 1-19, jan./abr. 2017.

SANTOS, Lorene dos. Et al. Formação inicial de professores, Pibid e a opção pela docência. Educação e Linguagem, São Paulo, v. 19, n. 1, p. 97-124, jan./jun. 2016.

SILVA, Silvana Alencar; OLIVEIRA, Ozerina Victor. Entre sentidos e significados da tradução das diretrizes curriculares nacionais de pedagogia (DCNS) em MT. Revista Espaço do Currículo, João Pessoa, v. 10, n. 2, p. 310-326, maio/ago. 2017.

STANGHERLIM, Roberta; VERCELLI, Ligia de Carvalho Abões; SANTOS, Eduardo. Plano Nacional de Educação (PNE 2014-2024) e a formação inicial para a docência na educação infantil: análise exploratória de um curso de pedagogia de uma universidade pública paulista. Eccos Revista Científica, São Paulo, n. 37, p. 19-42, maio/ago. 2015.

VOSGERAU, Dilmeire Sant’Anna Ramos; ROMANOWSKI, Joana Paulin. Estudos de revisão: implicações conceituais e metodológicas. Revista Diálogo Educacional, Curitiba, v. 14, n. 41, p. 165-189, jan./abr. 2014.




DOI: https://doi.org/10.14295/momento.v28i1.8056

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


MOMENTO - Diálogos em Educação, E-ISSN 2316-3100, Rio Grande/RS, Brasil

PROPESQ
PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ PROPESQ