Leitura em instituições privadas de ensino superior: discutindo estratégias pedagógicas

Autores

  • Zoraia Aguiar Bittencourt Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) - Campus Erechim/RS
  • Simone Lima Barros Doutoranda em Letras na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Palavras-chave:

Leitura. Ensino Superior. Gêneros textuais acadêmicos.

Resumo

Este trabalho objetiva discutir as práticas pedagógicas adotadas em instituições privadas de Ensino Superior para qualificar a proficiência em leitura de textos acadêmicos. A reflexão proposta considera o perfil dos universitários ingressantes em cursos noturnos – jovens adultos egressos de escolas públicas e inseridos no mercado de trabalho –, que apresentam, em sua maioria, dificuldade em produção de leitura e de textos científicos. Para proceder à análise de pesquisas recentes nesta área de conhecimento, considera-se o conceito de alfabetização acadêmica (CARLINO, 2005) e a prática de ensino com uso polígrafos no Ensino Superior (GUIRALDELLI, 2008), com o propósito de apresentar estratégias bem-sucedidas de ensino e aprendizagem da produção e da compreensão textual dos gêneros textuais acadêmicos. Palavras-chave: Leitura. Ensino Superior. Licenciaturas. Gêneros textuais acadêmicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Zoraia Aguiar Bittencourt, Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) - Campus Erechim/RS

Professora Assistente do Curso de Licenciatura em Pedagogia da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) - Campus Erechim/RS. Pesquisadora do Grupo de Pesquisas em Educação, Culturas e Políticas Contemporâneas - UFFS/Erechim na Linha de Pesquisa Políticas de currículo e docência. Doutoranda em Educação (PUCRS), Mestre em Educação (UFRGS), Especialista em Alfabetização (FAPA), Graduada em Letras (FAPA)

Simone Lima Barros, Doutoranda em Letras na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Doutoranda em Estudos da Linguagem (UFRGS), com ênfase em Teorias do Texto e do Discurso. É mestre em Letras - Estudos da Linguagem pela mesma universidade. Pós-graduada em Estudos Linguísticos do Texto (UFRGS) e Estruturas da Língua Portuguesa (ULBRA). É bacharel em Comunicação Social - Jornalismo (PUCRS) e licenciada em Letras - Língua Portuguesa e Inglesa (FAPA).

Referências

BENVEGNÚ, M. A.; GALABURRI, M. L.; PASQUALE, R.; DORRONZORO, M. I. La

lectura y escritura como prácticas de la comunidad académica. Disponível em:

. Acesso em: 18 jan 2010.

BRASIL. CENSO DA EDUCAÇÃO SUPERIOR 2008. INEP, 2008. Disponível em

<http://www.inep.gov.br/imprensa/notícias/censo/supeior/news09_05.htm>. Acesso em: 20 jan 2010.

BRITTO, L. P. L. O leitor interditado. In: BRITTO, L. P. L. Contra o consenso: cultura escrita, educação e participação. São Paulo: Mercado de Letras, 2003. p. 143-164.

BRITTO, L. P. L. Leitura e escrita de estudantes universitários. In: BRITTO, L. P. L. Contra o consenso: cultura escrita, educação e participação. São Paulo: Mercado de Letras, 2003. p. 175-194.

CABRAL, A. P. S.; TAVARES, J. O (in)sucesso no Ensino Superior: a leitura, a compreensão e a escrita – um projecto na universidade de Aveiro. Disponível em:

<http://www.fchs.ualg.pt/ceduc/fases/1/com/litcomescua.htm>. Acesso em: 18 jan. 2010.

CAMPOS, M. Z. A profissionalização do professor: formadores e formandos no Ensino Superior. In: CARLINI, A. L.; SCARPATO, M. (orgs.). Ensino Superior: questões sobre a formação do professor. São Paulo: Avercamp, 2008.

CARDOSO, R. D. Leitura e escrita na graduação – o texto científico. Disponível em:

<http://www.fap.com.br/fapciencia/002/edicao_2008/005.pdf>. Acesso em 15 jan. 2010.

CARLINO, P. Escribir, leer y aprender en la universidad: una introducción a la alfabetización académica. Buenos Aires: Fondo de Cultura Económica, 2005.

CARLINO, P. Leer textos científicos y académicos en la educación superior: obstáculos y bienvenidas a una cultura nueva. Disponível em:

<http://asesoriapedagogica.ffyb.uba.ar/?q=leer-textos-cient-ficos-y-acad-micos-en-la-educaci- n-superior-obst-culos-y-bienvenidas>. Acesso em: 15 fev.2010.

DEMO, P. Alfabetizações: desafios da nova mídia. Disponível em:

<http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0104-40362007000400006&script=sci_arttext>. Acesso em: 16 fev.2010

FILIPOUSKI, A. M.; MARCHI, D.; SIMÕES, L. Referenciais Curriculares para o Ensino de Língua Portuguesa e Literatura. Manuscrito de circulação restrita. Rio Grande do Sul, Secretaria de Educação do Estado, 2009.

GANDRA, L. M. M. As práticas de leitura e do ensino da leitura em cursos superiores de formação profissional. In: GHIRALDELO, C. M. (org.). Língua Portuguesa no Ensino Superior: experiências e reflexões. São Carlos: Claraluz, 2006, p.113-130.

GERALDI, J. W. Portos de Passagem. 4. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1997. GUIRALDELLI Jr., P. O crime da apostila. Disponível em:

<http://ghiraldelli.wordpress.com/2008/12/19/o-crime-da-apostila/>. Acesso em: 15 jan. 2010.

GHIRALDELO, C. M. (org.). Língua Portuguesa no Ensino Superior: experiências e reflexões. São Carlos: Claraluz, 2006.

MARTINS, M. H. O que é Leitura? São Paulo: Brasiliense, 1982.

ROJO, R. Letramentos múltiplos, escola e inclusão social. São Paulo: Parábola Editorial, 2009.

SILVEIRA, R. S. A cultura do polígrafo: práticas de leitura no Ensino Superior Privado. [Dissertação de Mestrado]. Porto Alegre: PPGPsico/UFRGS, 2003.

Downloads

Publicado

2016-09-25

Como Citar

Bittencourt, Z. A., & Barros, S. L. (2016). Leitura em instituições privadas de ensino superior: discutindo estratégias pedagógicas. Momento - Diálogos Em Educação, 24(2), 73–90. Recuperado de https://periodicos.furg.br/momento/article/view/5511

Edição

Seção

Artigos