Aspectos históricos da lei 10.639/03 e a história e cultura afro-brasileira a partir de relatos dos viajantes europeus

Autores

  • Arilson dos Santos Gomes PUCRS
  • Margaret Marchiori Bakos PUCRS

Palavras-chave:

Lei 10.639/03. Movimentos sociais. Ensino de História. Cultura.

Resumo

O trabalho intenta problematizar os contextos e os lugares sociais em que a temática negra esteve em evidência em nosso país, do pós-abolição aos finais da década de 1960. Faremos uma breve exposição dos congressos afro-brasileiros, bem como do protagonismo dos movimentos sociais e de indivíduos que lutaram no campo da cultura, da educação e da política, em busca de um ensino que contemplasse a trajetória afrodescendente no Brasil. Tem-se por objetivo apresentar a Lei 10.639/03, propondo sensibilizar os professores, a partir dos relatos de viajantes europeus, na utilização das fontes históricas como meio de desenvolver o ensino de história e da cultura afro-brasileira nos currículos escolares do Estado do Rio Grande do Sul.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Arilson dos Santos Gomes, PUCRS

Professor da faculdade Porto-Alegrense (FAPA), Mestre em História pelo PPGH-PUCRS e Doutorando pelo PPGH-PUCRS.

Margaret Marchiori Bakos, PUCRS

Doutora em História pela Universidade de São Paulo. Pós-doutora pela University College of London. Atualmente é professora adjunta da PUCRS

Downloads

Publicado

2014-05-14

Como Citar

Gomes, A. dos S., & Bakos, M. M. (2014). Aspectos históricos da lei 10.639/03 e a história e cultura afro-brasileira a partir de relatos dos viajantes europeus. Momento - Diálogos Em Educação, 22(2), 19–38. Recuperado de https://periodicos.furg.br/momento/article/view/4405