INFÂNCIAS NO YOUTUBE: ANALISANDO DISCUSSÕES SOBRE GÊNERO EM VÍDEOS DE CRIANÇAS

Autores

  • Gabrielle Farias Pedra Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Rio Grande, Rio Grande do Sul.

DOI:

https://doi.org/10.14295/de.v6i2.8722

Resumo

As crianças, cada vez mais, estão se apropriando das diferentes tecnologias, sendo a plataforma YouTube uma delas. Ao se tornarem youtubers, as crianças produzem vídeos e apresentam suas experiências e, nessa dinâmica, mostram quem são, mostram diferentes formas de ser criança, como também as formas de ser menino ou menina. Quatro vídeos foram selecionados e analisados observando os entendimentos e discussões sobre as questões de gênero neles presentes. Na investigação dos vídeos, foi possível realizar algumas análises sobre “ideologia de gênero” e o quanto, a partir dos relatos e das brincadeiras das crianças, emergem questões de gênero.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabrielle Farias Pedra, Universidade Federal do Rio Grande, FURG, Rio Grande, Rio Grande do Sul.

Graduada em Pedagogia Licenciatura, pela Universidade Federal do Rio Grande - FURG. Integrante do Grupo de Pesquisa Sexualidade e Escola - GESE.

Downloads

Publicado

2019-02-07

Como Citar

Farias Pedra, G. (2019). INFÂNCIAS NO YOUTUBE: ANALISANDO DISCUSSÕES SOBRE GÊNERO EM VÍDEOS DE CRIANÇAS. Diversidade E Educação, 6(2), 152–161. https://doi.org/10.14295/de.v6i2.8722

Edição

Seção

Diversidade em Debate