CAPACIDADES FUNCIONAIS DE ALUNOS DEFICIENTES VISUAIS E COM MÚLTIPLAS DEFICIÊNCIAS DE UMA ESCOLA ESPECIALIZADA NA CIDADE DE PELOTAS - RS

Autores

  • Luciana Tornquist Universidade Federal de Pelotas
  • Debora Tornquist Universidade Federal de Pelotas https://orcid.org/0000-0002-7363-1669
  • Ana da Cruz Cereser Universidade Federal de Pelotas
  • Gabriel Gustavo Bergmann Universidade Federal de Pelotas

DOI:

https://doi.org/10.14295/rds.v22i1.11378

Palavras-chave:

pessoas com deficiência, transtornos da visão, criança, adolescente.

Resumo

O estudo objetivou comparar a capacidade funcional de alunos com diferentes deficiências visuais e deficiências associadas de uma escola especializada de Pelotas – RS. Participaram do estudo 25 escolares (média de 11,8 anos; 10 meninas) de uma escola de atendimento especializado. As características sociodemográficas, deficiência visual, deficiências associadas e capacidade funcional dos alunos foram investigadas através de questionário aplicado aos professores. Os alunos com cegueira em ambos os olhos apresentaram maior mediana nas áreas motora, de coordenação e de linguagens do que alunos com baixa visão em ambos os olhos ou cegueira em um olho e baixa visão no outro. Alunos com paralisia cerebral associada à deficiência visual apresentaram escores mais baixos na escala motora, de coordenação e social que os alunos sem deficiência associada. Conclui-se que alunos sem outra deficiência associada à deficiência visual apresentaram maior capacidade funcional nas áreas motora, coordenação e social do que alunos com paralisia cerebral.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciana Tornquist, Universidade Federal de Pelotas

Doutoranda do Programa de Pós-graduação em Educação Física da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL).

Debora Tornquist, Universidade Federal de Pelotas

Doutoranda do Programa de Pós-graduação em Educação Física da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL).

Ana da Cruz Cereser, Universidade Federal de Pelotas

Doutoranda do Programa de Pós-graduação em Educação Física da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL).

Gabriel Gustavo Bergmann, Universidade Federal de Pelotas

Docente do Programa de Pós-graduação em Educação Física da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL). Doutor em Ciências do Movimento Humano pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Downloads

Publicado

2021-02-05

Como Citar

Tornquist, L., Tornquist, D., Cereser, A. da C., & Bergmann, G. G. (2021). CAPACIDADES FUNCIONAIS DE ALUNOS DEFICIENTES VISUAIS E COM MÚLTIPLAS DEFICIÊNCIAS DE UMA ESCOLA ESPECIALIZADA NA CIDADE DE PELOTAS - RS. Revista Didática Sistêmica, 22(1), 187–200. https://doi.org/10.14295/rds.v22i1.11378