<b>Os métodos quantitativos como ampliação da visão qualitativa</b>

Autores

  • Tabajara Alemeida
  • Robert Betito

Resumo

Aqui se defende a idéia de que pesquisas que sejam feitas combinando métodos qualitativos e quantitativos ganharão visão ampliada do problema estudado. Quer-se convencer os pesquisadores de que, apesar de se saber que as pessoas possuem diferentes capacidades em lidar com métodos qualitativos ou quantitativos, o trabalho em equipe, juntando as duas visões antes citadas, superará estas limitações pessoais. Argumentando, explica-se o conceito de mapas pessoais, que mostram como se geram as diferenças entre pessoas. Em seguida, explica-se o conceito de saber profundo, que defende a junção de quatro áreas do conhecimento: o gerenciamento de um sistema, a compreensão de sua variação, a psicologia e a teoria do conhecimento. Logo se resume as bases das pesquisas quantitativas, onde se argumenta a existência de subjetividade nestes estudos. Finalmente, defendem-se as pesquisas quali-quantitativas, argumentando sobre suas vantagens. Conclui-se que não há tempo para preconceitos em ambos os termos da equação: qualitativo x quantitativo, quando há problemas sérios a serem resolvidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

Alemeida, T., & Betito, R. (2010). &lt;b&gt;Os métodos quantitativos como ampliação da visão qualitativa&lt;/b&gt;. Revista Didática Sistêmica, 11, 19–34. Recuperado de https://periodicos.furg.br/redsis/article/view/1635

Edição

Seção

Artigos