<b>Pós-graduação e educação básica brasileira: uma iniciativa da CAPES para subsidiar a política de fomento da rede públicaaos professores de educação básica</b>

Autores

  • Zena Martins
  • Marta Elias Ribeiro de Oliveira
  • Alexandre Marafon Favero
  • Pedro Farage Assunção
  • Maria Rosa Chitolina Schetinger

Palavras-chave:

Educação, Capacitação de professores, CAPES.

Resumo

A capacitação de professores da educação básica brasileira é um assunto de suma importância para a qualidade do ensino, portanto, o objetivo deste trabalho é apresentar os resultados de uma consulta feita, em 2010, aos Pró-reitores das Instituições de Ensino Superior – IES para subsidiar a política de fomento da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES aos professores de educação básica da rede pública, municipal e estadual na área de educação. Foram aplicados 94 questionários e 68 instituições forneceram dados de 1055 professores que trabalham na Educação Básica, o que representa 22% do total de alunos. Após a análise dos dados sobre o apoio recebido para a realização do mestrado por esfera administrativa foi observado que apenas 6,8 % dos professores da rede municipal recebem algum tipo de apoio, enquanto que na rede estadual quase 11 % dos professores são apoiados. Assim sendo, conclui-se que nesse contexto existem poucos professores recebendo apoio para estudar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Zena Martins

Doutoranda em Programa de Pós-Graduação Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul em associação com a UFSM e a FURG. Graduada em Comunicação Social e Relações Públicas pelo IESB – Brasília – DF. Servidora Pública Federal da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – Capes.

Marta Elias Ribeiro de Oliveira

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Graduada em Comunicação Social e Relações Públicas pelo IESB – Brasília – DF. Servidora Pública Federal da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – Capes, marta.oliveira@capes.gov.br.

Alexandre Marafon Favero

Doutor em Ciências Biológicas (Bioquímica Toxicológica) pela Universidade Federal de Santa Maria – UFSM. Servidor Público Federal da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – Capes, alexandre.favero@capes.gov.br

Pedro Farage Assunção

Aluno de graduação do curso de Estatística da Universidade de Brasília – UnB.

Maria Rosa Chitolina Schetinger

Doutora em Ciências (Bioquímica) pela Universidade Federal do Paraná/PR. Professora Associada da Universidade Federal de Santa Maria, trabalha no Centro de Ciências Naturais e Exatas no Departamento de Química. É orientadora do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde e do Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas: Bioquímica Toxicológica. Pesquisadora em áreas como enzimologia, toxicologia e educação.

Downloads

Publicado

2012-05-25

Como Citar

Martins, Z., Oliveira, M. E. R. de, Favero, A. M., Assunção, P. F., & Schetinger, M. R. C. (2012). &lt;b&gt;Pós-graduação e educação básica brasileira: uma iniciativa da CAPES para subsidiar a política de fomento da rede públicaaos professores de educação básica&lt;/b&gt;. Momento - Diálogos Em Educação, 20(2), 81–92. Recuperado de https://periodicos.furg.br/momento/article/view/2419

Edição

Seção

Dossiê temático