<b>Os jovens em comunidades do Orkut: as culturas juvenis expressas neste ambiente</b>

Autores

  • Andrea Rapoport

Palavras-chave:

Orkut. Culturas juvenis. Juventude. Escola.

Resumo

A crescente participação de adolescentes na rede social Orkut e em suas comunidades permite conhecer as culturas juvenis expressas por adolescentes em suas comunicações, constituindo-se em um rico contexto de investigação para áreas como a Psicologia e a Educação. Este trabalho apresenta o Estudo de Caso das Comunidades “Adolescente Sofre” e “Adoro ser adolescente”. Descrevem-se os dados que levaram à escola destas comunidades, que partiu de uma pesquisa de com a palavra-chave adolescente. Os Estudos de Caso revelam de forma significativa a interação que ocorre nos Fóruns através de jogos criados pelos membros da comunidade. Os temas abordados nos títulos das comunidades são tratados especialmente nas Enquetes, como por exemplo, as queixas manifestadas pelos adolescentes sobre esta fase da vida, na comunidade “Adolescente sofre”. Indica-se a importância da escola apropriar-se do conhecimento sobre o que pensam e as formas de interação dos adolescentes de hoje, pois esta fase está mudando em ritmo acelerado, influenciada por diferentes fatores socioculturais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andrea Rapoport

Psicóloga, Dra. em Psicologia. Departamentos de Pedagogia e Psicologia

Downloads

Publicado

2010-11-12

Como Citar

Rapoport, A. (2010). &lt;b&gt;Os jovens em comunidades do Orkut: as culturas juvenis expressas neste ambiente&lt;/b&gt;. Momento - Diálogos Em Educação, 19(1), 55–76. Recuperado de https://periodicos.furg.br/momento/article/view/1433

Edição

Seção

Artigos