DESIGUALDADE DE GÊNERO E ALTAS HABILIDADES/SUPERDOTAÇÃO

Patricia Neumann

Resumo


Gênero e altas habilidades/superdotação são temas contemporâneos na educação e sociedade. Assim, o objetivo foi analisar artigos sobre ambos. O método foi bibliográfico. A fonte foi o Google Acadêmico e a análise qualitativa. Os resultados foram 4 artigos com diferentes objetos e métodos, mas com um ponto comum: há menos meninas identificadas com superdotação e menos mulheres na ciência. Isto aponta para a desigualdade de gênero, a qual é influenciada pela heteronormatividade e mitos pautados numa ideia específica de racionalidade. Considera-se que a diversidade de pesquisas é positiva, mas há imensa falta de estudos sobre as identidades de gênero e superdotação.

Texto completo:

PDF

Referências


CAMARGO, Renata C.; FREITAS, Soraia N.; SILVEIRA, Sheila T. Representações Socioculturais: relações entre gênero e altas habilidades/superdotação sob o olhar da identificação. Sociais e Humanas, v. 26, n. 3, p. 478-488, 2013.

LOURO, Guacira L. Gênero e Sexualidades: pedagogias contemporâneas. Pro-posições, v.19, n.2, p.17-23, 2007.

MOCHI, Luciene C.C.; MAIO, Eliane R. Sala de Recursos em altas habilidades/superdotação: (re)pensando o sexismo e a violência de gênero. Koan: Revista de Educação e Complexidade, n.2, p.37-52, 2014.

MOLINA, Fernando J.E.; MELERO, Maria J.R.; PRIETO, Mercedes F.; GÓMEZ, Marta S.; SÁNCHEZ, Maria Dolores P. Creatividad Científica y Alta Habilidad: diferencias de género y nivel educativo. Revista Aula, n.21, p.49-62, 2015.

OGEDA, Clarissa M.M.; PEDRO, Ketilin M.; CHACON, Miguel C.M. Gênero e Superdotação: um olhar para a representação feminina. Revista Educação e Linguagens, v. 6, n. 10, p.217-231, 2017.

RECH, Andréia J. D.; FREITAS, Soraia N. Uma análise dos mitos que envolvem os alunos com altas habilidades: a realidade de uma escola de Santa Maria/RS. Revista Brasileira de Educação Especial, v.11, n.2, 2005, p.295-314.

SANTOS, Boaventura Souza. Um discurso sobre as ciências na transição para uma ciência pós-moderna. Estudos Avançados, v.2, n.2, p.46-71, 1988.

VÁRNAGY, Tomás. O pensamento político de John Locke e o surgimento do liberalismo. In: BORON, Atílio A. (org). Filosofia política moderna: de Hobbes a Marx. Buenos Aires: Consejo Latinoamericano de Ciencias Sociales, p.45-78, 2006.




DOI: https://doi.org/10.14295/de.v6i2.8396

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


E-ISSN: 2358-8853

Indexadores
  

PROPESQ

PROPESQ

PROPESQ PROPESQ PROPESQ