QUANDO UM PAPEL AMASSADO ATRAVESSA A SALA DE AULA: EXPERIENCIANDO A SEXUALIDADE COM ALUNOS/AS DO ENSINO FUNDAMENTAL

Graziele Corrêa Amorim, Heloísa Raimunda Hernek

Resumo


A instituição escolar compõe-se de uma multiplicidade de modos de pensar, agir, sentir e arquitetar o viver. Passar, pois, a habitá-la nos propicia o convívio com um emaranhado de temáticas que emergem inesperadamente. Assim, dentre as problemáticas que podem surgir, apresentamos o interesse de discutir, com o cotidiano escolar, as sexualidades dos/das estudantes. Desse modo, o ponto de partida para essa discussão são as narrativas produzidas e experienciadas por uma professora iniciante, com seus alunos de uma turma de terceiro ano do ensino fundamental.


Texto completo:

PDF

Referências


LARROSA, Jorge. Notas sobre a experiência e o saber de experiência. Revista Brasileira de Educação [online], n. 19, p. 20-28, 2002.

FOUCAULT, Michel. História da sexualidade 1: A vontade de saber. 13. ed. Trad. de Maria Thereza da Costa Albuquerque e J. A. Guilhon Albuquerque. Rio de Janeiro|São Paulo: Paz e Terra, 2017. 149 p.




DOI: https://doi.org/10.14295/de.v6i1.8004

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


E-ISSN: 2358-8853

Indexadores

Sumários.org

Google Academico

doaj.org/toc/2358-8853