Desestabilização da configuração esportiva contemporânea relacionada à participação de atletas transgênero

O ‘caso tifanny’ e suas tensões

Autores

  • Flávio Py Mariante Neto Universidade Luterana do Brasil (ULBRA), Canoas-RS, Brasil
  • Ariane Corrêa Pacheco Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Santa Maria, RS, Brasil
  • Adrielle Chiesa Gaio Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Porto Alegre-RS, Brasil
  • Daniel Giordani Vasques Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Porto Alegre http://orcid.org/0000-0001-8955-9676

DOI:

https://doi.org/10.14295/de.v11i2.15899

Resumo

O surgimento das discussões em torno da atleta Tifanny abriu possibilidades de pesquisas. A partir da teoria sociológica de Norbert Elias, o artigo tem o objetivo de analisar a configuração que permite a atuação e permanência de uma atleta transgênero no esporte. Para tanto, foi realizada uma análise de documentos vinculados à regulamentação do voleibol, as tramitações no Congresso Nacional referentes à normatização da participação de atletas trans no esporte e dados estatísticos que respondem ao desempenho esportivo da atleta nos campeonatos que disputou. A partir desses elementos, foram elencadas três categorias: O Estado e as instituições esportivas; ciência e tecnologia na interdependência de corpos generificados; e a antiviolência almejada para o esporte e a performance como elemento de permanência. Entendemos que a reverberação das discussões sobre atletas transgênero no esporte é um importante elemento contemporâneo que deve ser levado em consideração para o entendimento da configuração esportiva.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flávio Py Mariante Neto, Universidade Luterana do Brasil (ULBRA), Canoas-RS, Brasil

Licenciado em Educação Física pela UFRGS. Mestre e Doutor em Ciências do Movimento Humano pela UFRGS. Professor da Universidade Luterana do Brasil (ULBRA). 

Ariane Corrêa Pacheco, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Santa Maria, RS, Brasil

Graduada em Educação Física pela UFPEL. Mestre e Doutora em Ciências do Movimento Humano pela UFRGS. Professora do Departamento de Educação Física da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

Adrielle Chiesa Gaio, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Porto Alegre-RS, Brasil

Graduanda em História pela UFRGS. Bolsista de Iniciação Científica BIC/UFRGS. 

Daniel Giordani Vasques, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Porto Alegre

Licenciado e Mestre em Educação Física (UFSC), Doutor em Ciências do Movimento Humano (UFRGS). Professor da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança e do Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Downloads

Publicado

2024-01-26

Como Citar

Mariante Neto, F. P., Pacheco, A. C., Gaio, A. C., & Vasques, D. G. . (2024). Desestabilização da configuração esportiva contemporânea relacionada à participação de atletas transgênero: O ‘caso tifanny’ e suas tensões. Diversidade E Educação, 11(2), 435–457. https://doi.org/10.14295/de.v11i2.15899

Edição

Seção

Dossiê: Diversidade, gênero e sexualidade nas práticas corporais e esportivas