<b>Estratégias didáticas de escolas de Pernambuco ao participar da Olimpíada de Saúde e Meio Ambiente</b>

Autores

  • Debora Bezerra de Santana
  • Monica Lopes Folena Araújo
  • Silvia Bezerra dos Santos

Palavras-chave:

Estratégias didáticas, Escolas, Olimpíada de Saúde e Meio Ambiente

Resumo

Saúde e meio ambiente são temáticas sociais emergenciais e sua abordagem tem sido estimulada nas escolas. A presente pesquisa teve por objetivo analisar as estratégias didáticas utilizadas na construção dos trabalhos participantes da Olimpíada de Saúde e Meio Ambiente. Seguindo a metodologia de abordagem qualitativa, elegemos a pesquisa documental como guia para o estudo e seguimos o preceito da análise de conteúdo no que tange à importância de inferir sobre os resultados, que mostraram a predominância de abordagens em aspectos ecológicos influenciadas pela popularidade e alta difusão dos direcionamentos escolhidos. Observou-se ainda o emprego de diversidade de estratégias, que se complementam e se inter-relacionam em busca do processo de ensino interativo e participativo, bem como a dificuldade dos professores em estabelecer a relação existente entre os temas saúde e meio ambiente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Debora Bezerra de Santana

Graduada do Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas. Atualmente é Bolsista no Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães - Fiocruz PE, atuando no projeto intitulado "Olimpíada de Saúde e Meio Ambiente". Tem experiência na área de Educação, atuando em áreas de Ensino-Apredizagem.

Monica Lopes Folena Araújo

Departamento de Educação; Núcleo de Estudos em Formação de Professores e Prática Pedagógica – UFRPE

Silvia Bezerra dos Santos

Comunicação e Saúde

Downloads

Publicado

2011-12-27

Como Citar

Santana, D. B. de, Araújo, M. L. F., & Santos, S. B. dos. (2011). &lt;b&gt;Estratégias didáticas de escolas de Pernambuco ao participar da Olimpíada de Saúde e Meio Ambiente&lt;/b&gt;. Revista Didática Sistêmica, 13(2), 72–93. Recuperado de https://periodicos.furg.br/redsis/article/view/2295

Edição

Seção

Artigos