A INCLUSÃO DE ALUNOS COM TEA NO ENSINO COMUM: RELATOS DE EXPERIÊNCIAS DE AEE NUMA ESCOLA PÚBLICA

Autores

  • Francisco Ari Andrade Universidade Federal do Ceará Faculdade de Educação Departamento de Fundamentos da Educação Programa de Pós-graduação em Educação http://orcid.org/0000-0002-3028-9867
  • Aline de Oliveira Rebouças Secretaria Municipal de Educação de Fortaleza https://orcid.org/0000-0002-7392-6133
  • Renata Tavares de Oliveira Universidade Federal do CearáPrograma de Pós-graduação em EducaçãoMestrado em Educação

Palavras-chave:

educação – deficiência - inclusão

Resumo

O presente estudo apresenta o relato de uma prática docente inclusiva de alunos diagnosticados com Transtorno do Espectro Autismo - TEA, por meio do Atendimento Educacional Especializado – AEE, numa escola pública municipal de Fortaleza. O desenvolvimento desse estudo se deu a partir da observação da vivência em sala de aula, no processo de escolarização de sujeitos portadores de TEA. Respeitando os princípios éticos da pesquisa acadêmica, de cunho qualitativo, o estudo se desenvolveu com as seguintes abordagens: estudo bibliográfico, documental e análise das vivências em sala de aula. As informações foram analisadas como estudo de caso. A relevância desse estudo está em possibilitar uma compreensão de como se dá o processo ensino aprendizagem de alunos portadores de TEA, numa sala de aula do ensino fundamental, destacando-se a prática docente colaborativa à inclusão educacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francisco Ari Andrade, Universidade Federal do Ceará Faculdade de Educação Departamento de Fundamentos da Educação Programa de Pós-graduação em Educação

Pós-Doutor em Educação e Contemporaneidade. Professor Associado II, da Universidade Federal do Ceará, lotado no Dep. de Fundamentos da Educação, da Faculdade de Educação. Professor do quadro permanente do Programa de Pós-graduação em Educação. Líder do Grupo de Pesquisa em História da Educação do Ceará - GEPHEC, certificado pelo CNPq.

Aline de Oliveira Rebouças, Secretaria Municipal de Educação de Fortaleza

Graduada em Pedagogia pela Universidade Estadual do Ceará (2011). Especialista em Educação Especial e Politicas de Inclusão (2012) pela Universidade Cândido Mendes-RJ e Neuropsicopedagogia (2016) também pela UCAM-RJ. Professora da rede municipal de ensino de fortaleza com experiência na inclusão de alunos com deficiência.

Renata Tavares de Oliveira, Universidade Federal do CearáPrograma de Pós-graduação em EducaçãoMestrado em Educação

Graduada em Pedagogia, pela Faculdade de Educação, da Universidade Federal do Ceará. Aluna regularmente matriculada no programa de pós-graduação em educação, da UFC, Mestrado em Educação.

Referências

ARAÚJO, Paula C.V.; LINHARES, Tatiana C. A inclusão escolar breve histórico e alguns apontamentos para a pratica do professor. Belo Horizonte, 2014, p. 35-59.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília, DF, 23 dez. 1996. Seção 1, p. 27833.

BRASIL. Ministério de Educação e Cultura. Política Nacional de Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva. Brasília, DF, 2008.

BRASIL. Declaração de Salamanca e linha de ação sobre necessidades educativas especiais. Brasília: UNESCO, 1994.

CENTER FOR DISEASE CONTROL AND PREVENTION (CDC). Prevalence of Autism Disoders- Autism and Developmental Disabilities Monitoring Network, Six Sites, United States, 2000. Surveillance Summaries. MMWR, vol. 56, SS-1 p.1-11, 2007.

MANTOAN É. M. T. Inclusão Escolar: O que é? Por quê? Como fazer? São Paulo: Moderna, 2003.

MANTOAN, M.T. Inclusão escolar: pontos e contrapontos. Maria Tereza Mantoan, Rosãngela Gaviole Prieto; Valéria Amorim Arantes, Organizadora- São Paulo, 2006.

MANTOAN, M.T.E. A formação de professores, no âmbito da integração escolar. Integração. Brasília, n.18. 1997.

PAULA, Bianca Molinari. A formação do professor para a educação especial. XI EDUCERE, Curitiba, 2013, p. 15087-15100.

ROCHA, Artur Batista de Oliveira. O papel do professor na educação inclusiva - Ensaios Pedagógicos, v.7, n.2, Jul/Dez 2017.

SAMPAIO, Cristiane T.; SAMPAIO, Sonia Maria R. Educação inclusiva: o professor mediando para a vida. Salvador: EDUFBA, 2009.

SAWAIA, B. As artimanhas da exclusão. 5 ed. Petrópolis: Vozes, 2004.

Downloads

Publicado

2021-09-29

Como Citar

Andrade, F. A., Rebouças, A. de O., & Oliveira, R. T. de. (2021). A INCLUSÃO DE ALUNOS COM TEA NO ENSINO COMUM: RELATOS DE EXPERIÊNCIAS DE AEE NUMA ESCOLA PÚBLICA. Momento - Diálogos Em Educação, 30(02), 261–279. Recuperado de https://periodicos.furg.br/momento/article/view/9556