DANÇA E EDUCAÇÃO FÍSICA: NARRATIVAS SOBRE A FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA DE BAILARINOS HOMOSSEXUAIS

Autores

  • Diego Ebling do Nascimento Universidade Federal do Tocantins http://orcid.org/0000-0002-6194-0958
  • Mariângela da Rosa Afonso Universidade Federal de Pelotas

DOI:

https://doi.org/10.14295/de.v7i2.9200

Resumo

Este estudo se propõe a compartilhar, por meio da escrita narrativa, as trajetórias de vida de homens cisgêneros, que se reconhecem como homossexuais, são formados em educação física e trabalham com dança. Por meio de uma pesquisa qualitativa foram feitas entrevistas com quatro professores/bailarinos que possibilitaram a narração de suas formações iniciais e continuadas na área da dança e da educação física. Percebemos que suas práticas corporais anteriores à dança contribuíram de forma significativa para o ingresso nesta área, o que evidencia a importância das práticas corporais nas escolas. A escola e as atividades de extensão foram citadas como porta de entrada para o aprendizado e prática da dança. A universidade foi a responsável por apresentar a dança para alguns de nossos entrevistados e outros começaram a dançar a partir de experiências estéticas positivas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Diego Ebling do Nascimento, Universidade Federal do Tocantins

Diego Ebling do Nascimento é professor, pesquisador e extensionista em Dança e Educação Física da Universidade Federal do Tocantins. Doutorando em Educação pela Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc); Mestre e graduado em Educação Física pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Especialista em Dança e Consciência Corporal pela Universidade Gama Filho (UGF); em Artes Híbridas pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR); e em Docência do Ensino Superior pelo Instituto Tocantinense de Ensino Superior e Pesquisa (ITOP).

Mariângela da Rosa Afonso, Universidade Federal de Pelotas

Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Professora da Universidade Federal de Pelotas. 

Referências

ANDREOLI, G. S. Representações de masculinidades na dança contemporânea. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-graduação em Educação. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2010.

BARRETO, S. M. G. Transcrição da palestra proferida: Esporte e Saúde. 5 de julho de 2003. Auditório do Centro de Divulgação Científica e Cultural. In: Olimpíada Regional de Ciências e Matemática, 2003.

BOER, A. V. A Importância do Esporte Escolar na Socialização de Crianças do 3.º ao 6º ano do Ensino Fundamental da cidade de Bagé: Processo de Mudança de Atitude. Revista Congrega Urcamp, v. 4, p. 21, 2010.

BOURCIER, Paul. História da Dança no Ocidente. 2º Edição – São Paulo: Martins Fontes, 2001.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: terceiro e quarto ciclos: apresentação dos temas transversais / Secretaria de Educação Fundamental. – Brasília : MEC/SEF, 1998.

BRZEZINSKI, I.; GARRIDO, E. Análise dos trabalhos do GT Formação de Professores: o que revelam as pesquisas do período 1992-1998. Revista Brasileira de Educação. Nº 18 - Set-Dez, 2001.

COLLARES, C. A. L. MOYSÉS, Maria Aparecida Affonso; GERALDI, João Wanderley. Educação continuada: A política da descontinuidade. Educação & Sociedade, nº 68, Dezembro/1999.

CRISTINO, A. P.; KRUG, Hugo Norberto. Um Olhar Crítico-Reflexivo Sobre a Formação Continuada de Professores de Educação Física da Rede Municipal de Ensino de Santa Maria (RS). Movimento. Porto Alegre, v. 14, n. 01, p. 63-83, janeiro/abril de 2008.

CRUZ, G.C.; FERREIRA, Júlio Romero. Formação continuada de professores de educação física em ambiente escolar inclusivo. Revista Conexões. v. 2, n. 2, 2004.

DULLIUS, M. A dança no esporte. Coleção Bailarina, v. 2. – Porto Alegre: AGE, 2000.

FERREIRA, Taís; FALKEMBACH, Maria Fonseca. Teatro e dança nos anos inicias. Porto Alegre: Mediação, 2012.

FOLLE, A. NASCIMENTO, J. V. Trajetória docente em educação física: percursos formativos e profissionais. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, São Paulo, v.24, n.4, out./dez. 2010.

FURLANI, J. Mitos e tabus da sexualidade humana: subsídios ao trabalho em Educação Sexual. 3ed. – Belo Horizonte: Autêntica, 2009.

GAIARSA, J. A. O que é corpo? Editora Brasiliese. 7ª Edição, 1995.

HANNA, J. L. Dança, sexo e gênero: signos de identidade, dominação, desafio e desejo. Tradução de Mauro Gama. Rio de Janeiro: Rocco, 1999.

JURKEWICZ, R. S. Cristianismo e Homossexualidade. In: GROSSI, M. P. Et al. (Org.). Movimentos Sociais, Educação e Sexualidades. 1ed. Rio de Janeiro: Garamond, p. 45-52, 2005.

LACERDA, M.; PEREIRA, C.; CAMINO, L. Um Estudo sobre as Formas de Preconceito contra Homossexuais na Perspectiva das Representações Sociais. Psicologia: Reflexão e Crítica, 15(1), pp. 165-178, 2002.

LACERDA, T.; GONÇALVES, Elsa. Educação estética, dança e desporto na escola. Revista Portuguesa de Ciências do Desporto, vol.9, n.1 pp. 105-114, 2009.

LOURO, G. L. Pedagogias da sexualidade. In: LOURO, G. L. (Org.). O corpo educado: pedagogias da sexualidade. Belo Horizonte: Autêntica, 1999.

MINAYO, M.C. de S. (Org.) Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 22 ed. Rio de Janeiro: Vozes, 2003.

NASCIMENTO, D. E.; AFONSO, M. R. A participação masculina na dança clássica: do preconceito aos palcos da vida. Reflexão e Ação, v. 21, n. 1, 2013.

NUNOMURA, Myrian; TSUKAMOTO, Mariana Harumi Cruz (orgs.) Fundamentos das ginásticas. 1ª ed – Jundiaí, São Paulo: Fontoura, 2009.

PAIVA, V.; ARANHA F.; BASTOS F. Opiniões e atitudes em relação à sexualidade: pesquisa de âmbito nacional, Brasil 2005. Revista de Saúde Pública, v. 42 (Supl 1) p. 54-64, 2008.

PIMENTA, S. G. Formação de professores: saberes da docência e identidade do professor. Revista Nuances - Vol. III - Setembro de 1997.

ROLIM, Marcos Flávio. Bullying: o pesadelo da escola. Porto Alegre: Ed. Dom Quixote, 2010.

SAHAGOFF, Ana Paula. Pesquisa Narrativa: uma metodologia para compreender a experiência humana. In: XI Semana de Extensão, pesquisa e pós-graduação–SEPesq. Centro Universitário Ritter dos Reis, 2015. Disponível em: http://cienciasecognicao.org/cecnudcen/wp-content/uploads/2018/03/PESQUISA-NARRATIVA-UMA-METODOLOGIA.pdf

SANTOS, É. C. Um jeito masculino de dançar: pensando a produção das masculinidades de dançarinos de hip hop. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Programa de Pós-graduação em Educação. Porto Alegre, 2009.

SANTOS, R. F. et al. A dança como prática de lazer: algumas reflexões sobre homens, gênero e o balé clássico. Pensar prática, v. 18, n. 2, 2015.

SILVA, Thais Coelho da. Juventude trans-viada: identidades marcadas invadem a rua. Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação, Porto Alegre, BR-RS, 2008.

STINSON, S. Reflexões sobre a dança e os meninos. Pro-Posições – vol. 9 n. 2 (26) Junho de 1998.

STRAZZACAPPA, M. Dança: um outro aspecto da/na formação estética dos indivíduos. In: 30 ANPED, 2007, Caxambu. Anped: 30 anos de pesquisa e compromisso social, 2007. v. 1.

STRAZZACAPPA, M.; MORANDI, C. Entre a arte e a docência: a formação do artista da dança. Campinas, SP: Papirus, 2011. Coleção Ágere.

TRESCA, R. P.; DE ROSE Jr., D. Estudo Comparativo da Motivação Intrínseca em Escolares Praticantes e Não Praticantes de Dança. Revista Brasileira de Ciência & Movimento. V.8 n1, 2000.

Downloads

Publicado

2020-02-20

Como Citar

Nascimento, D. E. do, & Afonso, M. da R. (2020). DANÇA E EDUCAÇÃO FÍSICA: NARRATIVAS SOBRE A FORMAÇÃO INICIAL E CONTINUADA DE BAILARINOS HOMOSSEXUAIS. Diversidade E Educação, 7(2), 224–251. https://doi.org/10.14295/de.v7i2.9200

Edição

Seção

Diversidade em Debate