ESTUDOS DE GÊNERO NO CONTO TCHAU, DE LYGIA BOJUNGA: UMA PROPOSTA PARA AS AULAS DE LÍNGUA PORTUGUESA

Stefany Silva do Nascimento, Odair José Silva dos Santos

Resumo


O artigo aqui apresentado tem o objetivo de discutir sobre a função do aluno, leitor em formação, no processo de leitura literária, compreendendo esse estudante como um elemento primordial para que haja a significação do texto literário lido em sala de aula. Para realização deste estudo, utilizamos as investigações da Estética da Recepção, nas vozes de Iser (1996; 1999) e Jauss (1994), estudiosos que postulam ideias fundamentais para o melhor entendimento do papel desempenhado pelo leitor. Nesse sentido, apresentamos um modelo de sequência didática produzida nos parâmetros de Cosson (2014), aplicando um estudo do conto Tchau (2014), de Lygia Bojunga, bem como as possíveis reflexões que podem surgir após sua aplicação em aulas de Língua Portuguesa.


Texto completo:

PDF

Referências


ADORNO, Theodor Ludwig Wiesengrund. Notas de literatura I. Tradução: Jorge de Almeida. 34ª Ed. São Paulo: Duas Cidades, 2003.

BARTHES, Roland. O rumor da língua. Tradução: Mario Laranjeira. 2ª Ed. São Paulo: Martins Fontes, 2004.

BOJUNGA, Lygia. Tchau. 19ª Ed. Rio de Janeiro: Casa da Lygia Bojunga, 2014.

BORDINI, Maria da Glória; AGUIAR, Vera Teixeira de. Literatura: a formação do leitor: alternativas metodológicas. 2ª Ed. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1993.

BUNZEN, Clecio; MENDONÇA, Márcia. (Orgs.). Português no ensino médio e formação do professor. São Paulo: Parábola, 2016

COMPAGNON, Antoine. O demônio da teoria: literatura e senso comum. Tradução de Cleonice Paes Barreto Mourão e Consuelo Fortes Santiago. 2ª Ed. Belo Horizonte: UFMG, 2010.

COSSON, Rildo. Letramento literário: teoria e prática. 2ª Ed. São Paulo: Contexto, 2014.

COSTA, Márcia Hávila Mocci da Silva. Estética da Recepção e Teoria do Efeito. S/d. Disponível em: . Acesso em 04 de outubro de 2017.

FREIRE, Paulo. A pedagogia do oprimido. 24ª Ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1997.

EVANS, Vyvyan. How Words Mean: lexical concepts, cognitive models, and meaning construction. Oxford: New York, 2009.

EAGLETON, Terry. Teoria da literatura: uma introdução. Tradução de Waltensir Dutra. 3ª Ed. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

GANCHO, Cândida Vilares. Como analisar narrativas. São Paulo: Editora Ática, 2002.

GIBBS, Raymond W. Why cognitive linguists should care more about empirical methods. In: MARQUEZ, Monica Gonzales; MITTELBERG, Irene; COULSON, Seana; SPIVEY, Michael J. Methods in cognitive linguistics. John Benjamins Publishing Company: Philadelphia, 2006.

ISER, Wolfgang. O ato da leitura: uma teoria do efeito estético. Tradução de Johannes Kretschmer. São Paulo: Editora 34, 1999, v. 2.

____. O ato de leitura: uma teoria do efeito estético. Tradução de Johannes Kretschmer. São Paulo: Editora 34, 1996, v. 1.

JAUSS, Hans Robert. A história da literatura como provocação à teoria literária. Tradução de Sérgio Tellaroli. São Paulo: Ática, 1994.

JOUVE,Vincent. A Leitura. Tradução de Brigitte Hervor. São Paulo: Edunesp,2002.

KLEIMAN, Angela. Texto e leitor: aspectos cognitivos da leitura. São Paulo: Pontes, 1989.

LAJOLO, Marisa. Do mundo da leitura para a leitura do mundo. 5ª Ed. São Paulo: Ática, 1999.

LARROSA, Jorge. Pedagogia profana: danças, piruetas e mascaradas. Tradução: Alfredo Veiga Neto. 5ª Ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2013.

Mãe de família comete crime só para ser presa e passar um tempo sozinha. Disponível em: . Acesso em 28 de julho de 2017.

MCLAREN, Peter. A vida nas escolas: uma introdução a pedagogia critica nos fundamentos da educação. 2ª Ed. Porto Alegre: Artes Medicas, 1997.

Prêmios. In: Casa Lygia Bojunga. Página da web. Disponível em . Acesso em 18 de março de 2017.

ROCCO, Maria Tereza Fraga. Literatura e ensino: uma problemática.São Paulo: Ática, 1992.

ZUÑIGA, Miryan E. Apuntes para una pedagogia de los programas educativos com mujeres de sectores populares. In: BUTTNER, T.; JUNG, I.; KING, L. (Orgs.). Hacia una pedagogía de género: experiencias y conceptos en documentos del Seminario Latinoamericano sobre experiências en educaciónno formal con mujeres. Melgar, Colombia, 28 oct.1 nov. 1996. Fundación Alemana para El Desarrollo Internacional (DSE), Centro de Educación, Ciencia y Documentación (ZED), IUE, CAFAM, 1997.




DOI: https://doi.org/10.14295/de.v7i1.8610

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


E-ISSN: 2358-8853

Indexadores
  

PROPESQ

PROPESQ

PROPESQ PROPESQ PROPESQ