Discutindo sobre sexting

Suzana da Conceição de Barros

Resumo


Na contemporaneidade, os sujeitos vêm se utilizando das diversas tecnologias digitais, para exporem e compartilharem sua intimidade, com intuito de seduzirem e tornarem-se visíveis. Esse fenômeno vem sendo chamado de sexting, e vem sendo aderido por sujeitos de várias faixas etárias. Assim, leitor/a, convido você a pensar sobre o sexting e o que a escola tem a ver com essa prática?

Texto completo:

PDF

Referências


BARROS, Suzana da Conceição de. SEXTING: analisando os discursos produzidos pela mídia. Rio Grande, 2013. Qualificação (doutorado) Universidade Federal do Rio Grande. Programa de Pós Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde. Rio Grande, 2013.

LIVINGSTONE, Sonia M.; GÖRZI, Anke. 'Sexting': the exchang of sexual messages online among European Youth. In: LIVINGSTONE, Sonia M.;

HADDON, Leslie; GÖRZI, Anke. Children risk anda safety on the internet. Bristol, Reino Unido, Chicago, IL: Policy Press, 2012. WILLARD, Nancy E. Sexting and Youth: Achieving a Rational Response. Journal of Social Sciences, v. 6, n. 4, p. 542-562, 2010.


Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


E-ISSN: 2358-8853

Indexadores
  

PROPESQ

PROPESQ

PROPESQ PROPESQ PROPESQ