RACISMO NA LITERATURA INFANTIL

A REPRESENTAÇÃO DA HISTÓRIA E CULTURA AFRO-BRASILEIRA NO LIVRO ABECÊ DA LIBERDADE

Autores

  • Larissa Borges dos Santos Correia Faculdade Maria Milza
  • Lucas Ribeiro Campos Faculdade Maria Milza

DOI:

https://doi.org/10.14295/de.v11i2.15369

Resumo

Este estudo tem como objetivo compreender como a história e a cultura afro-brasileira é representada no livro Abecê da Liberdade. Trata-se de uma pesquisa exploratória de abordagem qualitativa, valendo-se da análise documental. Para o tratamento dos dados, utiliza-se a análise textual discursiva. Assim, os resultados apontam que a obra traz a história do povo negro através da trajetória do Luiz Gama, evidenciando a participação negra na história do Brasil. Entretanto, o livro cometeu equívocos ao romantizar a vivência de crianças dentro do regime escravista, ressaltando aspectos desumanos que desqualificam o negro e sua cultura. Logo, sugere-se uma reorganização nos parâmetros de seleção dos livros infantis das instituições de ensino, assim como uma revisão editorial na intenção de ampliar o acervo da literatura afro-brasileira positiva, garantindo às crianças o conhecimento da realidade e não as manter à mercê da lógica da sociedade racista.

 

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Larissa Borges dos Santos Correia, Faculdade Maria Milza

Graduada em Licenciatura em pedagogia pela Faculdade Maria Milza e Pós- graduanda em Coordenação pedagógia pela Unicessumar.

Lucas Ribeiro Campos, Faculdade Maria Milza

Metre e Doutorando em História social pelo programa de Pós-graduação da Universidade Federal da Bahia.

Downloads

Publicado

2024-01-26

Como Citar

Borges dos Santos Correia, L., & Ribeiro Campos, L. . (2024). RACISMO NA LITERATURA INFANTIL: A REPRESENTAÇÃO DA HISTÓRIA E CULTURA AFRO-BRASILEIRA NO LIVRO ABECÊ DA LIBERDADE. Diversidade E Educação, 11(2), 806–824. https://doi.org/10.14295/de.v11i2.15369