"HOMENS, VIOLÊNCIA E CONSUMISMO: ANÁLISE DA MASCULINIDADE NOS GRUPOS VIRTUAIS MGTOW E DO FILME “CLUBE DA LUTA”

Autores

  • George Miguel Thisoteine Usp
  • Vitor Hugo Rossetti Canasiro Graduando em Direito pela Universidade de São Paulo
  • Brenda Sayuri Tanaka Graduanda em Psicologia pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Campus de Bauru
  • Ana Cláudia Bortolozzi
  • Andre Luiz Gellis

DOI:

https://doi.org/10.14295/de.v9i1.13053

Resumo

Os atuais discursos da masculinidade surgidos nos meios virtuais tornaram-se veículos de propagação de ódio às mulheres e de uma conduta nociva aos próprios homens. Este estudo qualitativo, descritivo e exploratório, teve por objetivo analisar as expressões de gênero da masculinidade a partir do grupo virtual masculino MGTOW e do filme Clube da luta. As categorias resultantes da análise foram: (a) Discurso Consumista e (b) Discurso da Masculinidade Supremacista, ou seja, diante da dificuldade de se enquadrarem nos padrões de uma masculinidade hegemônica, os homens tendem a se envolverem em comportamentos de violência e consumismo. Pode-se dizer que as origens para esses discursos masculinos destrutivos, tanto na mídia internet atual, quanto no filme mais antigo, encontram-se na frustração de não conseguirem viver as expectativas que a cultura do patriarcado impõe, diferenciando-se apenas pela interface que se manifesta.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

George Miguel Thisoteine, Usp

Graduado em psicologiapela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho.

Downloads

Publicado

2021-07-30

Como Citar

Thisoteine, G. M., Rossetti Canasiro, V. H., Tanaka, B. S., Bortolozzi, A. C., & Gellis, A. L. (2021). "HOMENS, VIOLÊNCIA E CONSUMISMO: ANÁLISE DA MASCULINIDADE NOS GRUPOS VIRTUAIS MGTOW E DO FILME “CLUBE DA LUTA”. Diversidade E Educação, 9(1), 540–562. https://doi.org/10.14295/de.v9i1.13053

Edição

Seção

Dossiê “Sexualidades, Currículos e Cinema”